Governo reinicia obras do abatedouro de Nova Cruz

FOTOS: Raiane Miranda / Assecom-RN

O Governo do Rio Grande do Norte retoma no próximo dia 26 as obras do abatedouro público na cidade de Nova Cruz, que vai atender vários municípios do Agreste e do litoral sul. Esta obra se arrasta desde 2014. “Em 2019, quando assumimos a gestão, havia apenas 40% do cronograma executado. Por dois anos trabalhamos para destravar os problemas e fazer nova licitação. Agora vamos concluir os serviços e entregar o equipamento no próximo mês de outubro” afirmou a governadora Fátima Bezerra ao visitar as instalações na sexta-feira (16).

O abatedouro contará com uma edificação moderna e projetada para a sua finalidade. Os equipamentos, que já foram adquiridos, também são os mais adequados atendendo todas as normas sanitárias e de saúde animal para abater gado bovino, suíno, caprino e ovino. Também vai ter selo atestando a qualidade das carnes.

O diretor presidente da Emater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN), César Oliveira, registrou que além de beneficiar a saúde da população, que passará a consumir carne com controle de qualidade e origem conhecida, o abatedouro vai gerar novas oportunidades de trabalho e renda para a população e, ainda, impacto positivo na arrecadação dos municípios.

Para o presidente da Associação de Criadores de Suínos de Nova Cruz, José Agenor da Silva, o abatedouro é muito aguardado pelos produtores que passarão a ter um local adequado, evitando abates clandestinos e sem garantia de qualidade.

“É mais um avanço no apoio à produção em nosso Estado. É ação do Governo para melhorar a qualidade de vida e criar oportunidades de trabalho e renda para a população”, avaliou o secretário estadual de Gestão de Projetos e Metas  (Segri) e coordenador do programa Governo Cidadão, Fernando Mineiro.

O investimento é no valor de RS 967.727,11, oriundos do Orçamento Geral da União (OGU) e contrapartida do Governo do Estado.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.