Fatos e curiosidades da Eleição 2020

Verônica Senra, vereadora campeã de votos em Mipibu

Dos 13 vereadores eleitos 2020, para a Câmara Municipal de São José de Mipibu, a vereadora Verônica Senra (MDB) foi a que obteve a maior votação. Eis o resultado dos vereadores que irão compor o Legislativo mipibuense,  a partir de 1º de janeiro de 2021:

1 – Verônica Senra / 1143 votos

2 – José Lúcio / 863 votos

3 – Crisóstomo Barbosa / 821 votos

4 – Dulce Rodrigues / 805 votos

5 – Daniel Ferreira / 743 votos

6 – Caboclinho / 726 votos

7 – Carla Simone / 672 votos

8 – Janete Paiva / 668 votos

9 – Jean Nerino / 616 votos

10 – Silvânia / 570 votos

11 – Kélia Serafim / 510 votos

12 – Lula (de Laranjeiras Abdias) / 474 votos

13 – Kerinho Júnior / 423 votos

Representação feminina

A representação feminina da Câmara Municipal de São José de Mipibu aumentou 50% o número de vereadoras. Nas eleições de 2016 foram eleitas apenas três. Este ano subiu para seis: São elas: Verônica Senra (MDB), Dulce Rodrigues (MDB), Carla Simone, (MDB) Janete Paiva (Solidariedade), Silvânia Gomes (Solidariedade) e Kélia Serafim (PL).

Partidos perderam em representatividade no RN

Em 2016, o PSD do então governador Robinson Faria foi o partido mais vitorioso nas eleições municipais, elegendo 51 prefeitos. Quatro anos depois o PSD, caiu para 34. O PSD perdeu 134 cadeiras de vereadores no Estado caindo de 280 para 142.

O PT, de Fátima Bezerra, que não fez filiações em massa de prefeitos e vereadores como aconteceu com partidos de governadores anteriores, ficou estável. Subiu de 2 para 3 prefeitos e de 38 para 47 vereadores.

O partido que mais cresceu foi o PSDB, que saiu de 105 para 252 vereadores, e de 10 para 31 prefeitos.

O MDB segue sendo o partido com mais vereadores: subiu de 291 para 320, e prefeitos, 38, seis a menos que os 44, das eleições de 2016.

Prefeito de Assú é reeleito com apenas 5 votos

Dr. Gustavo Soares foi reeleito prefeito eleito na cidade de Assú (RN) com apenas 5 votos de vantagem sobre o segundo colocado Ivan Junior. Dr. Gustavo recebeu 16.823 votos (49,12%), contra 16.818 (49,11%) de Ivan Junior.

Ironia: Eliabe será deputado estadual. Ele não consegiu se eleger vereador

Vejam que ironia. O subtenente Eliabe Marques se candidatou a vereador de Natal e obteve pouco mais de 1,1 mil votos, mas não conseguiu se eleger. PorémSerá deputado estadual uma vez que é suplente do deputado Allyson Bezerra que foi eleito prefeito de Mossoró

Prefeito eleito morreu

Didi Filgueira (PTB), prefeito eleito em Itaguaru (GO), morreu no fim dessa segunda-feira (16) devido a complicações da Covid-19. O candidato estava internado em um hospital de Goiânia. Ele tinha 60 anos e estava internado desde o começo de outubro.

Prefeitos mais novos do NE

Nessas eleições três candidatos do Nordeste foram eleitos para prefeitura de seus municípios com 21 anos, idade mínima permitida para o cargo. Ricardo Maia (PSD),com 49,27%, será o prefeito do município de Tucano (BA), Fernando Cavalcante (MDB) com 54,52%, vai comandar Matriz de Camaragibe (AL) e Rio Grande do Norte, Paulo Henrique (PP), que recebeu 51,01% dos votos será prefeito em Pedra Preta (RN).

PRESSÃO

Passada a disputa eleitoral, com a vitória de Zé Figueiredo. Começa agora, uma nova pressão por cargos na futura gestão do prefeito. A pressão vai ser grande. Quem está nos cargos, não vai querer perder. Por outro lado, apoiadores políticos, lideranças políticas, de vereadores, suplentes de vereadores que não se elegeram. Vai ser pressão…

NOVOS SECRETÁRIOS

Quantos secretários municipais, da atual gestão de Arlindo Dantas irão permanecer e quantos serão substituídos por nomes novos da gestão de José Figueiredo? Essas são perguntas que já dominam as conversas em São José de Mipibu.  

Resultado em Nísia Floresta

Daniel Marinho (PSDB) foi reeleito prefeito do município de Nísia Floresta. Ele obteve 8.351 votos contra 6.632 votos do segundo colocado: Titico Brito (Solidariedade).

 Daniel Marinho (PSDB): 8351 votos (53,60%) (Eleito); Titico Brito (Solidariedade): 6632 votos (42,57%); Dorinha Diniz (PSL): 405 votos (2,60%); Geraldo do PT (PT): 173 votos (1,11%) e Ricardo Godinho (PRTB): 18 votos (0,12%)

Vereadores eleitos:

Zé Nilton 947 votos.

Nego 927 votos 

Marcelo 903 votos

Poliana 810 votos

Luiz Henrique 769 votos.

Josivan 709 votos

Marcão 666 votos

Raniere 653 votos

Jorge 612 votos

Juscie 462 votos

Adriano 370 votos.

Resultado em Monte Alegre

Em Monte Alegre André Rodrigues da Silva é o novo prefeito do município, com 7.460 votos, seguido de George Luiz Marques Silva – 4.545. Robespierre Hamurabi de Azevedo da Silva – 194 votos

Prefeito eleito tem votação maior que a população do município

No município de Severiano Melo (RN), o prefeito eleito, Jacinto Carvalho (PT) obteve 2.922 votos. Segundo o IBGE, a cidade possui 2.088 habitantes. Não só ele ultrapassou esta marca. Até mesmo o candidato derrotado na disputa pela prefeitura da cidade também teve mais votos que a quantidade de moradores. Sezenildo Gomes, do PSB, recebeu 2.728 votos.

CADEIRANTE

Presidente licenciado da Sociedade Amigos do Deficiente Físico do Rio Grande do Norte, Tércio Tinoco será o primeiro vereador cadeirante de Natal. Tércio fez uma campanha difícil, pois pegou covid e chegou a ser internado, impossibilitado de sair para pedir votos. Com 3.101 votos, será o único parlamentar do PP na Câmara. Tércio é administrador e fundador do projeto ‘Natal Praia Inclusiva’.

VOZ DAS URNAS

Um dos grandes derrotados, nessas eleições, sem sombra de dúvida foi o presidente Jair Bolsonaro. Muitos que utilizaram a sua figura de mito, para angariar votos, foram derrotados. Alguns poucos conseguiram a vitória. Rogéria Bolsonaro, ex de Jair Bolsonaro, mal conseguiu obter 2 mil votos para vereadora do Rio de Janeiro. São as vozes das urnas…

FRACASSO

Colocado em teste nas  eleições municipais, o capital político do presidente Jair Bolsonaro  (sem partido) sofreu um abalo com o resultado das urnas. Além de nenhum de seus apoiados ou aqueles que buscaram se associar a ele ter conseguido vencer em cidades importantes, o presidente assistiu a alguns reveses simbólicos. A aposta mais importante do presidente era Celso Russomanno (Republicanos), que passou boa parte da campanha liderando a disputa à Prefeitura de São Paulo, mas acabou ficando em quarto. Bruno Engler (PRTB) até conseguiu subir na reta final, em Belo Horizonte, mas não conseguiu evitar a reeleição de Alexandre Kalil (PSD). No Rio, Marcelo Crivella (Republicanos) enfrentará um difícil segundo turno contra o favoritismo de Eduardo Paes (DEM).

PT NÃO FICA ATRÁS

O Partido dos Trabalhadores (PT) não fica atrás. No Rio Grande do Norte, o partido da governadora Fátima Bezerra, do PT, elegeu apenas três prefeitos nos municípios de Currais Novos, Afonso Bezerra e Sítio Novo. O desempenho é o pior da história, comparado a outros resultados anteriores.

TRANSSEXUAIS

Em uma eleição histórica,  16 pessoas que se identificam como transexuais ou travestis,  foram eleitas para vereador, em todo o Brasil Aqui no Rio Grande do Norte, a potiguar Thabatta Pimenta (PROS), foi eleita vereadora na cidade de Carnaúba dos Dantas, na região Seridó.

MUDANÇA

A Câmara Municipal de Natal vai aos poucos mudando de cor. O processo é lento, mas pela primeira vez o legislativo municipal terá três vereadores de cor preta. Duas delas são mulheres, feministas, progressistas e filiadas ao Partido dos Trabalhadores. Divaneide Basílio, primeira mulher a se reconhecer como negra no parlamento de Natal, terá na próxima legislatura a companhia de Brisa Bracchi.

ESQUERDA

Ao todo, 20 anos separam as duas militantes e colegas de partido. Diva tem 42 anos e vai para o segundo mandato com a pompa de ter saído das urnas como a mulher mais votada em 2020 com quase 6 mil votos. Mas não faltam recordes para Brisa. Aos 22 anos, é a vereadora mais jovem da história de Natal. As duas devem compor a bancada de oposição de esquerda na Casa que conta com mais uma mulher, Júlia Arruda (PCdoB), e  Robério Paulino (PSOL).

EMPATE

 Uma situação pouco comum nas votações aconteceu no município de Caraúbas, na Paraíba, nas eleições municipais desse domingo (15). Isso porque a disputa pela prefeitura da cidade terminou empatada, na qual o atual prefeito Silvano Dudu (DEM) e o candidato Nerivan (MDB) contabilizaram exatos 1.761 votos cada. Apesar do acirrado confronto, Silvano, contudo, foi reeleito por ser o mais velho entre os dois.
   

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.