CASAS E CASARÕES DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Essa residência, localizada na rua Barão de Mipibu, nº 88, pertenceu ao casal Áureo Tavares de Araújo (1905-1962), que chegou a ser prefeito de São José de Mipibu e Maria da Glória Toscano de Araújo, proprietários do Engenho Taborda e da Fazenda Camurupim (na divisa dos municípios São José/Parnamirim). Tempos depois, foi adquirida pelo tabelião Rinaldo Leandro que além de sua residência, instalou o 1º Cartório de Notas da cidade.

Em 1980, indo residir em Natal, Rinaldo vendeu o imóvel a Marciano Dias Freire, militar da reserva da Aeronáutica e que depois ingressou no comércio local (foi proprietário do primeiro supermercado de São José de Mipibu).

Em 1976 Marciano casou-se com Zélia de Araújo Freire, com quem tiveram os três filhos: Danielle, Marcio e Dalliane.

Na residência há uma frondosa mangueira que o arcebispo Metropolitano, Dom Nivaldo Monte, sempre que ia a Mipibu, era recepcionado pelo casal, declarou certa vez: “essa mangueira é minha”. A despedida de Dom Antonio Costa, da Arquidiocese de Natal, para a Diocese de Caruaru/PE, que reuniu os vigários da Diocese de Natal, ocorreu nessa residência, em 2002.

Marciano nunca quis derrubar a mangueira, apesar de, ao fim de cada safra de mangas, comprar cerca de 200 telhas para recuperar as que eram quebradas pelos frutos que caiam no telhado”, diz Zélia Freire, que foi casado com Marciano por 39 anos, quando ele faleceu, em 15 de maio de 2015.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-115.png

Nessa residência, o saudoso monsenhor Antônio Barros, antigo pároco da cidade sempre fazia questão de levar arcebispos e bispos, para serem recepcionados pelo casal, para almoços ou jantares, por ser a família católica fervorosa.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-116.png

Atualmente, reside na casa, a viúva Zélia Freire e os filhos Dalliane e Marcio. Este último, após o casamento, construiu um apartamento, anexo à residência que é considerada uma das mais bem conservadas da cidade, onde anualmente é realizado serviços de pintura, mas mantendo a mesma característica original.

Nossos agradecimentos a Elza Freire, Zélia de Araújo Freire e Márcio Freire, pelas informações e fotos deste textos.

2 Pessoas comentaram
Joao maria joaquim de lima

Lembro muito dessa casa minha mae e minha irma trabalhara ai lro seu ze rinaldo eu era crianca e andava muito ai lembro de um pe de uva que tinha no quintal muito bonito seus cachos

JOSE OLAVO RIBEIRO

Joguei muitas partidas de futebol de botão, no alpendre, junto com o Sr Rinaldo, Raimundo Gurgel, Laizomar e outros. Tínhamos um campeonato aos sábados à noite.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.