Adoção cresce quase 15% em um ano de pandemia no RN

Um ano de pandemia trouxe um dado positivo para sociedade do Rio Grande do Norte; o número de adoções em 2020 cresceu em relação a 2019, em  14,8%.

Em 2019 foram registradas 27 adoções no estado, enquanto no ano passado foram 31 processos concluídos.  Além disso, 86% das crianças adotadas têm etnia identificada como parda ou preta.

É possível notar uma mudança expressiva, entre os pretendentes à adoção, antes voltadas para crianças de colo ou recém-nascidas, por exemplo, um esteriótipo que vem sendo substituído por uma visão mais ampla, humana e sem preconceitos.

O juiz José Dantas de Paiva destaca dois aspectos como fatores que contribuem para uma nova visão:

A primeira é a realização dos cursos de formação para pretendentes à adoção, (muitas vezes eles mudam o perfil desejado durante o curso, e, depois, momentos fortes como esse como o da Semana Estadual da Adoção.

Dez dias de conscientização

 A partir desta quinta-feira (20) até o dia 29 de maio, a Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude realiza a sétima edição da Semana Estadual da Adoção, com eventos que visam conscientizar a população a respeito do ato de adotar.

Com a pandemia do coronavírus, o evento ocorre de forma online, com palestras e momentos à distância.

Do blog Território Livre

Compartilhar em:

1 comentário

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.