Sebrae oferece 15 cursos gratuitos via aplicativo de mensagens

Um dos maiores aplicativos de mensagens instantâneas do mundo é também um aliado importante para o desenvolvimento dos pequenos negócios. O Sebrae está utilizando o WhatsApp para difundir conhecimento e, mais ainda, para capacitar os empreendedores. Em uma iniciativa inovadora, a instituição disponibiliza 15 opções de cursos online gratuitos via plataforma.

São capacitações em áreas, como gestão, finanças, marketing, vendas e políticas públicas entre outras, que são todas executadas dentro do próprio aplicativo. As inscrições são feitas diretamente no portal do Sebrae no Rio Grande do Norte (www.rn.sebrae.com.br), na aba ‘O que você quer aprender hoje?’, que integra a plataforma de Educação a Distância (EAD) da instituição, considerada uma das maiores do Brasil.

Os cursos têm duração de duas horas e são tão práticos que o empresário ou potencial empresário pode fazer em qualquer momento, com as informações todas na palma da mão. Uma maneira fácil e rápida de aprender mais a alavancar o negócio. Outra vantagem é que, além de toda a comodidade, esse tipo de curso também emite certificado de participação e conclusão. Para escolher essa modalidade, é preciso entrar na relação de cursos online e selecionar o filtro: Cursos pelo WhatsApp. Ao clicar no curso desejado, o site já direciona o empreendedor para uma conversa dentro do whatsApp.

De acordo com a analista da Unidade de Soluções e Relacionamento do Sebrae-RN, Ana Débora Morais, toda capacitação acontece dentro do ambiente do aplicativo, como em uma conversa. O material, incluindo respostas automáticas, vídeos e podcasts, é todo disponibilizado no chat instantâneo. “E para acessar é muito fácil, porque é só o empresário entrar no site www.rn.sebrae.com.br, clicar na aba dos cursos online e fazer a sua matrícula. Ele vai fornecer os dados e já está inscrito. E lembrando que todos os cursos do Sebrae tem certificado. É mais uma praticidade”, destaca, Ana Débora.

Do Blog Daltro Emerenciano

1 Pessoa comentou
Issacunirl

Both popular and theoretical discussions of pornography bear explored the uncertainty of sexually explicit texts as pedagogy. While sundry commentators and scholars have acknowledged the instructional qualities of obscenity, there is no universal consensus as to what porn teaches its consumers and how it works as an educator. Pornography is increasingly itself the disposed to of edifying texts, with ‘porn literacy’ being debated as a potency additionally to the secondary governmental kindergarten curriculum in the Cooperative Sovereignty and Australia. This article presents an overview of the tract of ‘porn as pedagogy’ and pedagogy there porn. It is bashful in scope, relying primarily on late-model check in and media reportage from Australasia, North America and the Joint Kingdom. These Anglophone countries have significant similarities in esteem to the ways porn is framed as a pure and/or civil question major within communal contend (although there are also notable differences). Object of this reason, the overview that follows does not try to be globally representative, but represents a premonitory foray into a complex and diverse field.
more – skankhunter

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.