Sandro Pimentel faz agradecimento e balanço do mandato em discurso de despedida

Durante a sessão plenária por deliberação remota desta terça-feira (16) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado Sandro Pimentel (PSOL) fez um discurso de despedia, transmitido da Praça Sete de Setembro, no qual externou o seu agradecimento à confiança da população e também aos colegas parlamentares e servidores da Casa Legislativa. Após dois anos como parlamentar, Sandro Pimentel deixa o mandato por decisão do TSE, que determinou a recontagem de votos da chapa do PSOL em 2018.
 
“Quero primeiro agradecer a Deus pelo dom da vida e a oportunidade de falar com milhares de pessoas e mais uma vez agradecendo as mais de 19 mil pessoas que na última eleição poderiam ter votado em qualquer outra candidatura, mas que escolheram votar em Sandro Pimentel. Podem ter certeza de que dei o meu máximo, sem férias e sem descanso porque o povo do meu Estado merece esse e muito mais outros esforços”, afirmou o parlamentar.
 
O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), destacou a luta de Sandro Pimentel pelos seus ideais. “Para mim foi uma enorme satisfação e alegria conhecer um homem público da sua envergadura, que briga nas ideias mas respeita os que pensam diferente e é por isso que tem dos seus amigos, deputados e servidores toda a admiração e respeito”, afirmou.
 
Ezequiel Ferreira disse que a luta política de Sandro em defesa do que acredita será contínua, porque é um homem de valoroso trabalho. “Fica a minha satisfação de ter tido a honra de dividir o parlamento com alguém que sabe que aqui é o lugar de aprimorar ideias e projetos e sai daqui muito maior do que entrou, pela capacidade de abrir os braços e fazer novos amigos”, afirmou o presidente. “Aqui você deixa grandes amigos e estaremos acompanhando as suas vitórias e os seus progressos. Saiba que aqui tem uma legião de amigos e trabalhadores e que possa trilhar o caminho que sonha, sempre na militância e interesse do povo do Rio Grande do Norte”, disse.
 
Sandro Pimentel lamentou a decisão da justiça: “Me deixa triste saber que a justiça eleitoral, na cabeça de um magistrado anula mais de 19 mil votos, de pessoas que saíram a pé, de carona, de ônibus ou de bicicleta para votar, ou de veículo pagando o seu combustível, porque não damos carona, levamos ou compramos votos, são votos de pessoas que compreenderam o trabalho que fizemos e a elas presto minha enorme homenagem e agradecimento. Não consigo compreender que os votos de vocês foram anulados, retirados de dentro da urna por um erro técnico e burocrático”, lamentou.


O parlamentar fez uma breve prestação de contas do seu mandato, no qual em dois anos conseguiu protocolar e aprovar 240 requerimentos e 83 projetos de lei, dos quais 25 estão em vigor, como a “Lei do Calote” e o Código Estadual de Proteção dos Animais e a CPI da Arena das Dunas. Ele é o parlamentar brasileiro que mais apresentou projetos em seu primeiro dia de trabalho. “Agradeço ao presidente Ezequiel, aos colegas parlamentares, servidores e à minha equipe. Saio com o sentimento de uma enorme injustiça, de tremendo golpe que não é contra mim, é contra o povo potiguar. Eu saio mas minha voz continuará ecoando e ecoará muito mais alto ainda”, encerrou.

ASSUME JACÓ JÁCOME

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira, diplomou o deputado diplomado Jacó Jácome (PSD) na amanhã desta quarta-feira (17). A cerimônia aconteceu na sala da presidência, com acesso restrito aos familiares do deputado empossado em respeito aos protocolos de biossegurança.

Jacob Helder Guedes de Oliveira Jácome nasceu em Natal, em 29 de janeiro de 1992. Através da influência do pai Antônio Jácome, Jacó ingressou cedo para a política e se filiou ao PMN. Disputou a eleição para vereador de Natal em 2012 com apenas 20 anos de idade e foi eleito com 5.942 votos.

Em 2014, foi candidato a deputado estadual pela primeira vez e conseguiu 28.620 votos que o elegeram como “o deputado mais jovem do RN”. Em março de 2016, Jacó se filiou ao PSD e em 2018, candidatou-se à reeleição a deputado estadual e dessa vez não conseguiu êxito, ficando na 1ª suplência com 26.864 votos conquistados.


 

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.