Prefeitura de Natal reabre comércio a partir desta terça (30). Veja serviços que abrem na 1ª fase de retomada

A  Prefeitura do Natal anunciou a reabertura do comércio a partir desta terça-feira (30) na capital potiguar.  A medida será publicada no Diário Oficial do Município desta terça.

“Tomamos a decisão, discutida com o Comitê Científico do município, que se pronunciou e aprovou, por unanimidade, a flexibilização do comércio, e o retorno lento, gradual e responsável das atividades do comércio de Natal”, disse o prefeito Álvaro Dias (PSDB).

Na primeira fase de reabertura da economia, segundo o prefeito Álvaro Dias, poderão funcionar os seguintes estabelecimentos:serviços de recursos humanos e terceirização; atividades de informação, comunicação, agências de publicidade, designers e afins; centros de distribuição e depósitos; serviços sociais; autônomos; agências de turismo; salão de beleza e barbearias; lojas de até 300 metros quadrados de artigos usados; papelarias, material de escritório, variedades, climatização, bicicletas, plantas e vestuário.

Barbearias e salões de beleza voltaram a funcionar a partir de amanhã, em Natal

GOVERNO DO ESTADO

Já a governadora Fátima Bezerra confirmou com representantes do setor produtivo, que a economia do Rio Grande do Norte somente retormará das atividades, nesta quarta-feira(01). Para a tomada da decisão, a governadora ouviu o Comitê Científico da Sesap.

Com a retomada gradual das atividades econômicas, que será oficialmente confirmados com representantes dos poderes, o Governo destaca que condicionará a manutenção da liberação com uma série de exigências e medidas de proteção para que uma nova onda de contaminação não se espalhe no estado.

Conforme publicado em portaria há dias, a retomada se dará em quatro fases, sendo a primeira dividida em frações. Inicialmente reabrirão os pequenos comércios – considerados de baixo poder aquisitivo, e após cinco dias outras atividades.

1 Pessoa comentou
Ana Tereza Thé Bonifácio Alves

Boa matéria!
Necessário se faz a consciência de cada cidadão no sentido de que ainda não acabou a pandemia e o uso de máscara, álcool 70 são essenciais para manter o mínimo de possibilidade de uma contaminação.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.