NOVOS TEMPOS Bolsonaro anuncia nome da professora Ludimilla, 3ª colocada, como reitora da Ufersa

Terceira colocada na lista tríplice para escolha de reitor da Universidade Federal Rural do Seminário (Ufersa), a professora Ludimilla já anunciava há tempos que seria a escolhida.

Única bolsonarista, sabia que teria o nome garantido para o cargo, depois de acompanhar o episódio do IFRN.

Nesta sexta-feira, quando esteve em Mossoró, Bolsonaro anunciou a nomeação de Ludimilla que será a primeira mulher a comandar a Ufersa.

Diferente do que aconteceu no IFRN, onde o reitor nomeado não foi candidato, a professora participou do pleito.

E lista tríplice já diz: são 3 a escolher. Se o primeiro fosse obrigado a ser escolhido, não seria necessária a lista tríplice.

“Eu vou ser a primeira mulher reitora da universidade. E quem não aceitar, saia. Quem não aceitar, deixe de estudar lá. Peça transferência. Nós vamos fazer o nosso melhor”, disse Ludimilla, toda poderosa e arrogante, em uma live dias atrás.

A nomeação da reitora que começa desagregando, mandando uma comunidade estudantil dar o fora porque quem fica é ela, já está no Diário Oficial da União. (Do Blog Thaisa Galvão)

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.