Lagoa do Bonfim pede socorro

A lagoa do Bonfim, outrora um grande manancial de água doce do Estado, local decantado em prosa e verso por sua beleza, está agoniando e corre o risco de sumir do mapa em poucos anos. Tudo começou quando da construção de uma adutora que leva água para milhares de potiguares em vários municípios do Estado. Nada contra matar a sede dos nossos irmãos. Quer saber o que é desgraça, falte água na sua casa para o banho, para preparar comida, para lavar as louças e roupas… o problema é que, com a escassez de chuva, não tem havido a reposição de água nas mesmas proporções em que são tirados milhares de metros cúbicos por minutos, 24 horas do dia. 

Para ter ideia do estrago, moradores e amantes deste manancial natural estão divulgando fotos comparativas. A que ilustra esta matéria demonstra bem o estrago em pouco mais de uma década. 

Estudos da UFRN mostram que várias lagoas que orbitam em torno do Bonfim ou já sumiram ou estão em vias de desaparecer, pois dependem do mesmo lençol freático.

Quando menino, eu morava em um sítio nas proximidades da lagoa, para onde ia com meus amigos, nos finais de tarde mergulhar em suas águas limpas e abundantes. Hoje, dá pena ver o estrago. 

É preciso um grande movimento da população para salvar o que resta da lagoa do Bonfim. 

Do Blog João Maria Freire

2 Pessoas comentaram
Santiago

Que cena triste. Deveria o poder público aproveitar e fazer uma limpeza enquanto não chove.

Angela

Que haja um movimento consciente e e gestão política para a solução desse problema tão sério e que afeta muitos municípios.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.