Governadora anuncia que aulas presenciais da rede estadual do RN só serão retomadas em 2021

Governadora Fátima Bezerra – Foto Elisa Elsie

A governadora Fátima Bezerra anunciou na manhã desta terça-feira, 08, a continuidade da suspensão das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino até o final de 2020 em função da continuidade da pandemia da Covid-19.

Para tomar a decisão, a governadora citou a posição do Comitê Científico de Especialistas que orienta a gestão estadual no enfrentamento à pandemia, o Comitê setorial da Educação no RN, a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a opinião expressa pela população em recente pesquisa do Ibope que atesta que mais de 70% dos brasileiros querem a volta das aulas presenciais só após a disponibilidade de vacina, e enquetes feitas pela Secretaria Estadual de Educação e veículo de comunicação.

“Diante destes fatos e considerações informo que as atividades presenciais da Educação no RN só serão retomadas em 2021. Isto estará normatizado no próximo decreto que vamos publicar nos próximos dias para a rede de educação pública do Estado”, afirmou a chefe do Executivo.

Ela reforçou que o Governo preza pelo diálogo, ouve a sociedade e que na pandemia segue a orientação dos especialistas e da ciência. “A realidade mostra que estamos no caminho certo, pois o RN é o estado que mais reduziu o número de óbitos no país, fruto de trabalho sério, comprometido com a saúde pública e ouvindo a ciência”, frisou.

O que diz o representante dos professores

Professor Laélio Costa, coordenador do Sinte/Núcleo São José de Mipibu

O coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no RN/ Núcleo de São José de Mipibu, Laélio Costa, declarou que, “a decisão tomada pela governadora é sensata. Embora tenha se observado uma queda do números de casos e óbitos, a pandemia ainda não foi debelada. O retorno nesse momento traria uma tensão muito grande para a nossa comunidade escolar. Sem testagens em massa e sobretudo sem a presença de uma vacina eficaz, teríamos uma verdadeira roleta russa no ambiente escolar.

Mesmo que a maioria das crianças sejam assintomáticas, é notório que poderiam atuar como vetores de transmissão do covid-19 infectando professores, pais, avós, irmãos e coleguinhas de turma. A decisão da governadora teve como base observações feitas pelo comitê científico do Estado e foi tomada em conjunto com outras entidades representativas do campo educacional, como a UNDIME/RN.

Nós que fazemos o SINTE/RN em São José de Mipibu apoiamos a decisão da governadora pois sabemos que o retorno implica no cumprimento de um rígido protocolo sanitário.  Não haveria como retornar as atividades presenciais nesse final de ano sem o estabelecimento de um aporte financeiro do MEC que possibilite a aquisição de insumos necessários ao cumprimento dos protocolos  gestados pelas autoridades.As aulas presenciais estão suspensas no RN mas o ensino remoto está em pleno funcionamento. Acredito que nos próximos decretos, Estado e prefeituras detalhem como ocorrerá o desenvolvimento das atividades pedagógicas no último triênio de 2020″

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.