EXEMPLO: Prefeitura de São Gonçalo do Amarante realiza cadastro de mototaxistas com atuação no município

Foto Ilustração

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), está realizando um pré-cadastrado dos mototaxistas, motofretistas e similares com atuação no município. O prazo para o cadastro iniciou nesta quarta-feira (17) e vai até o dia 30 de abril.

O objetivo é coletar dados e número de profissionais que atuam no setor, a fim de regulamentar a profissão na cidade. Os interessados devem ir à sede do Demutran, na Rua Nossa Senhora de Fátima, 497, no Bairro Santa Terezinha, com o seguintes documentos:

Documento do veículo (moto); Comprovante de residência; RG; CPF; Foto 3×4; Atestado de antecedentes criminais; Título de eleitor.

É necessário que o condutor seja maior de 21 anos e apresente o local de ponto do mototáxi para realizar o cadastramento.

EXEMPLO QUE PODERIA SER SEGUIDO

Essa ação do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de São Gonçalo do Amarante poderia ser exemplo para a Prefeitura de São José de Mipibu. Há anos, que O Alerta vem sugerindo que tanto os mototaxistas como motoristas de táxi, sejam cadastrados, para evitar a invasão de profissionais de municípios vizinhos, atuando em São José de Mipibu.

Não se sabe o motivo pelo qual o cadastro desses profissionais não é realizado em São José de Mipibu.

A nova gestão municipal, completa 80 dias, mas não se nota qualquer ação da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, para viabilizar a Municipalização do Trânsito, engavetada há dois anos, apesar de sancionada pelo então prefeito Arlindo Dantas.

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.