Escola Barão de Mipibu completa 140 anos de fundação

A centenária Escola Estadual Barão de Mipibu está comemorando, neste mês de outubro, 140 anos de existência. Segundo a gestora Andréa Trindade, comentou que diante dessa pandemia do coronavírius, “não iremos realizar nenhuma program,ação presenvial, apenas virtual, por meio do facebook e Instagram. Com alguns depoimentos do gestor, professores, servidores e alunos, para não passar em branco, iniciando dia 12 e terminando nesta sexta-feira (16) de outubro”.

A seguir, divulgamos um texto do jornalista João Maria Freire, que além de aluno, foi gestor daquele estabelecimento de ensino , no período de 1995-2003, e foi o autor do tombamento da escola, que ocorreu em 8 de dezembro de 1997.

No ano em que o município de São José de Mipibu completa 175 anos de emancipação política, um de seus poucos cartões postais chega aos 140 anos de fundação. 

A história da Escola Barão de Mipibu, localizada num belo edifício em estilo neoclássico, localizado no centro da cidade, começa por volta do ano 1879. Um rico fazendeiro, Miguel Ribeiro Dantas, com dinheiro de sobra na época, deve ter imaginado que teria eternizado seu nome e seu codinome de nobreza (conferido à época a quem tivesse vultosas posses, às vistas de todos), praticando uma boa ação. 

O Barão de Mipibu então mandou construir e doou à cidade o prédio onde se instalou a primeira escola primária da época, chamada inicialmente de “Casa de Instrução”, em 1880. 

Com sua morte, em 1881, em reconhecimento ao seu feito, como homenagem póstuma, o prédio passou a se chamar “Grupo Escolar Barão de Mipibu”, permanecendo com essa denominação até ser transferido para administração do governo do RN que, teoricamente, teria mais condições de manter o prédio em perfeitas condições de uso. Com as mudanças nas legislações educacionais brasileiras, a Escola passou a ser estadual, oferecendo ensino primário, mais tarde também Educação de Jovens e Adultos (que deixou de ser oferecido já há algum tempo) e hoje o Ensino Fundamental. 

Ao longo da história, em sucessivos momentos, o prédio teve até que ter parte de sua estrutura interditada, por problemas de ordem física. Até que em 08 de dezembro de 1997, numa ação que envolveu toda a comunidade, articulada à época pelo então diretor, o jornalista João Maria Freire, o prédio foi tombado pelo patrimônio estadual. 

Hoje, é o único prédio tombado em São José de Mipibu. A Igreja Matriz, por exemplo, datada do mesmo período histórico, não tem o prédio tombado, mas apenas um lavabo e algumas imagens sacras. O tombamento evitou que acontecesse com aquele belo edifício o que se registrou com vários casarões da cidade, que foram sendo demolidos impiedosamente, ao longo dos anos. 

Enquanto estabelecimento de ensino, a escola vem sendo bem administrada pela professora Andréia Trindade e um grupo abnegado de educadores, garantindo sempre bons índices de desenvolvimento da Educação, aferidos pelo Ministério da Educação.  

Observando-se estes dois aspectos – o cuidado com a estrutura física belíssima, que chama a atenção de todos os que passam em suas imediações, e o trabalho educacional zeloso – há que se comemorar este mais de um século de existência deste patrimônio vivo da arquitetura e da educação potiguares. Salve a Escola Barão de Mipibu!!!!! (Texto do jornalista João Maria Freire)

Saudoso poeta Arlindo Isaias de Macêdo
recita poesia por ocasião dos 130 anos da Escola estadual Barão de Mipibu

GRUPO ESCOLAR BARÃO DE MIPIBU

Ó templo educador;
Templo rico e promissor;
Templo que eleva nossa história;
Templo do saber, templo cheio de caloria.

Templo da educação;
Templo que repassa o saber com amor;
Templo cheio de luz;
Templo para os filhos de mipibu.

Templo árvore do saber;
Templo do ontem, do hoje e do amanhã;
Templo que ao bom caminho conduz;
Templo escolar que aprende-se a amar.

O nosso grupo escolar, Barão de Mipibu.

Arlindo Isaias de Macêdo – Poeta de Mipibu

2 Pessoas comentaram
Ana

Arlindo era uma pessoa inteligente, educada e muito agradável. Deixou saudades!
Descanse em paz, Arlindo!

Ana

Grande Poeta!
Doce Poesia, Arlindo 👏👏👏👏

Nunca estudei no Barão de Mipibu, mas sei que foi e é o templo do saber e o templo do povo de Mipibu, como tão lindamente escreveu nosso Poeta Arlindo.

O prédio do Barão de Mipibu é merecedor de uma restauração que lhe traz sua real beleza e imponência.
Já torci muito para que se construísse um belo prédio para funcionar a Escola Barão de Mipibu e nesse prédio belíssimo fosse uma biblioteca e um Museu.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.