Do presidente do TSE: “Tem gente que acha que o homem não foi à Lua e que Trump venceu as eleições”

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso disse que Bolsonaro precisa apresentar prova para o imaginário dele, quando se refere à segurança das urnas eletrônicas no Brasil, que ele não desacreditou quando foi eleito.

“Se o presidente, ou qualquer pessoa, tiver comprovação de fraude, em algum momento, desde 1996 até hoje, eu imediatamente diligenciarei no sentido de apurar. Mas eu sou juiz, eu lido com fatos e provas. Portanto, não posso me impressionar com a retórica política que faz parte de um jogo que não me cabe jogar”, afirmou Barroso.

“Não tenho como controlar o imaginário. Tem gente que acha que o homem não chegou à Lua e que o Trump venceu as eleições”.

Barroso lembrou que Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma e o próprio Bolsonaro foram eleitos pelo sistema eletrônico.

Bolsonaro quer volta aos tempos dos votos de papel

 

Bolsonaro sendo Bolsonaro. Agora ele quer dizer que houve fraude nas eleições e que quer que o Brasil regrida aos tempos de votações manuais, onde as apurações dos votos de papel obrigavam cada mesa apuradora a ter um fiscal de cada partido e, sabe por quê? Porque se roubava muito.

As apurações eram verdadeiras fraudes no Brasil e é para lá que Bolsonaro quer voltar. A tecnologia das urnas eletrônicas no Brasil é elogiada no mundo, e sabe por quê? Porque nunca foi sequer sugerida a constatação de fraude.

Só Bolsonaro acha. E sabe o que é mais engraçado? Que em 2018, quando ele foi eleito presidente, não levantou essa suspeita. Bolsonaro brinca de ser sério, mas não consegue. ( Do blog Thaiza Galvão)

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.