Boa Nova – Comunidade de acolhimento de dependentes químicos e alcoólatras

A Comunidade propicia ambiente e atividades que possam retomar a vida
de oração e intimidade com Deus
Foto: Renan Silva

Com a missão de pregar o anúncio da Palavra de Deus e o acolhimento de dependentes químicos e alcoólatras, a Comunidade Boa Nova de São José de Mipibu, faz parte das 15 casas de acolhimento no Rio Grande do Norte.

Segundo Ana Nery, uma das voluntárias da equipe missionários de Vida e Aliança, “somos uma comunidade católica, formada por missionários de Vida e Aliança que tem como missão o anúncio da Palavra de Deus e o acolhimento de dependentes químicos e alcoólatras”.

 A equipe missionária da casa é formada sete membros voluntários, sem vínculos empregatícios, formado pelo casal coordenador Pergentino e Elenir, Ana Nery, Jessica, João. Eles moram na casa em tempo integral junto aos acolhidos, mas em ambientes separados.

 “Estamos em missão em São José de Mipibu, há 10 anos. Podemos acolher até 20 homens, de forma gratuita, não havendo nenhuma taxa para os familiares.  

“Acolhemos apenas pessoas que querem se recuperar por livre espontânea vontade, para isto fazemos uma triagem. A pessoa deve vir acompanhada de familiar e ser maior de idade. Não somos clínica, por isso não acolhemos pessoas com necessidades de remédios controlados psiquiátricos”.

 O tratamento possui três pilares: ORAÇÃO – onde é proporcionado ambiente e atividades que possam retomar a vida de oração e intimidade com Deus, ponto principal para a manutenção da sobriedade.  TRABALHO – todos têm uma atividade a desenvolver, ocupando seu dia e refazendo todo um ritmo de disciplina, cumprimento de tarefa e responsabilidade. VIDA FRATERNA – é propiciado ao acolhido ajuda para rever seus relacionamentos familiares e sua capacidade de convivência com aqueles que possuem os mesmos problemas, ajudando-os a perceber que todos esses pontos bem vividos lhe trarão segurança para uma manutenção de sobriedade presente e futura.

“Na vivência desses pilares conseguimos perceber o progresso real no dia a dia, que vai além do não usar entorpecentes. O lazer acontece com jogos de dominó, xadrez, futebol , filmes e banho de piscina”.

Temos atividades de evangelização semanais para os sítios da região. Nestes ambientes levamos o Evangelho e divulgamos nosso acolhimento aos mais necessitados. Realizamos Noites de Cura e Libertação em Natal e São José de Mipibu, Encontros mensais com pregação, adoração, celebração da da missa, onde os familiares dos acolhidos participam, sendo também o dia de visita.

MANUTENÇÃO

Sobre a manutenção, Ana Nery, explica que “vendemos vassouras de garrafa pet, produzidas pelos acolhidos, temos contribuintes da obra que nos ajudam financeiramente ou com alimentação, como verduras, ovos e frutas. Também realizamos bazar com roupas que recebemos de doação, nos eventos e momentos de evangelização. Fazemos a Campanha da Pizza do Bem, onde pizzas são vendidas a preço promocional.

Fabriqueta de vassouras de garrafas pet – Foto Renan Silva

AMPLIAÇÃO

Há dois anos a Comunidade Boa Nova vem  construindo um novo alojamento, para melhor acolher os que nos procuram. Recentemente ocorreu uma live organizada por Marcio Souza, da empresa de publicidade Moinho Design e retomamos a construção da obra. Muitas famílias já foram ajudadas ao longo desses anos. Queremos acolher melhor, cada quarto tem custo médio de R$ 9,5 mil.

Construção de novo alojamento, com doações – Foto: Cedida

Para mais informações, deixamos o e-mail www.comboanova.com.br

1 Pessoa comentou
Fátima Freire

A Comunidade Boa Nova, faz um grande bem a nossa Cidade de São José de Mipibu/RN,bem como a nossa Comunidade Paroquial. Precisamos ter sensibilidade da Caridade, para manter uma casa com até vinte homens, não deve ser fácil. Sabemos da assistência Espiritual que a Igreja oferece, e até de Campanhas para ajudar na manutenção. Mas é necessário, que Deus possa mover muitos corações, na ajuda por essa Obra, que não é nossa! E de Deus!

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.