Abrigo Anízia Pessoa comemora 40 anos de fundação

Nesta quinta-feira (11), o Abrigo Anízia Pessoa, de São José de Mipibu, comemorou 40 anos de sua fundação. A data é marcante para a Congregação das Irmãs da  Divina Providência, resumindo uma longa trajetória de trabalho conduzido por Deus, e muitas vezes apenas por Ele, em nossos momentos de grandes dificuldades, quando ele nos carregou nos braços. E assim fomos vencendo cada obstáculo. Essa data é marcante para a Paróquia de Sant’Ana e São Joaquim, pois traduz o projeto do Monsenhor Antonio Barros, idealizador do Abrigo, aquele que enxergou os nossos idosos, e quis acolhê-los num ambiente de dignidade. 

Ao lado dele, como co-fundadoras e braços direitos,  estiveram as Irmãs da Congregação da Divina Providência, nesse projeto de amor que começou com algumas deficiências e hoje é só vitória. A cada dia  a instituição se supera, melhorando a acessibilidade e a qualidade dos trabalhos desenvolvidos com os nossos residentes. E tudo isso graças aos beneméritos, às instituições parceiras, aos mais diversos olhares guiados pela excelsa luz do Nosso Bom Deus e da Virgem Mãe. A data de hoje não é importante apenas para a Congregação e Paróquia, mas para o município de São José de Mipibu, estendendo-se para as cidades vizinhas, pois é um espaço que na medida do possível acolhe a todos.

As comemorações foram abençoadas por uma missa às 8h, celebrada pelo padre José Lenilson de Morais, contando com as presenças das Irmãs da Congregação da Divina Providência, Representantes das Pastorais – Grupos – Movimentos – Instituições e Serviço da Paróquia – O  prefeito José de Figueiredo, os idosos residentes, funcionários e outros segmentos da sociedade.

Após a Santa Missa todos se voltaram para o descerramento de um Marco de Memória afixado “ad aeternum” na parede do abrigo, numa placa de bronze sintetizando as quatro décadas de história. O Marco de Memória também resgata a tradição católica do latim, ao estampar nessa língua, que é mãe da nossa Língua Portuguesa,  um versículo bíblico citado em Romanos, 8,37: “IN HIS OMNIBUS SUPERVINCIMUS PER EUM, QUI DILEXIT NOS”, que significa “MAS EM TODAS ESSAS COISAS, SOMOS MAIS QUE VENCEDORES PELA VIRTUDE DAQUELE QUE NOS AMOU”

O evento finalizou após o descerramento da placa, tendo contado com todos os cuidados exigidos pelo Ministério da Saúde, no tocante à pandemia. Vale ressaltar que justamente por conta desse momento, o Abrigo Anízia Pessoa não pode estender os convites a algumas instituições e muitas pessoas queridas, evitando a aglomeração recomendada. Até porque trabalham com idosos. 

Em caráter de curiosidade histórica, vê-se, em ordem cronológica, o histórico da direção do abrigo ao longo de seus 40 anos: Ir. Paula Ignez Krzrinski (1981 a 1983, co-fundadora), Ir. Eleanice Maria (1993 a 1994), Ir. Hedy Kalsing (9 de setembro de 1994 a 23 de abril de 1998, Ir. Feliciana Alice de Luna (13 de abril de 1998 a 26 de fevereiro de 2004) e Irmã Iva Guedes de Moura (26 de fevereiro de 2004 até o presente. 

A Congregação da Divina Providência agradece a todos.

Compartilhar em:

1 comentário

  • Angela disse:

    Parabéns a essa instituição símbolo de cuidado e atenção aos idosos do nosso município, administrado com zelo, amor e responsabilidade pelas irmãs da Congregação da Divina Providência.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.