Rogério Marinho tira férias para andar o RN

As férias do ministro Rogério Marinho do comando da pasta do Desenvolvimento Regional vem repercutindo na imprensa nacional.

A crítica que se faz é porque o momento ainda é crítico na coordenação das ações do Governo contra os efeitos das chuvas que devastaram os estados da Bahia, Minas Gerais e Goiás nas últimas semanas.

O presidente Jair Bolsonaro designou Marinho como responsável para dirimir os efeitos das tragédias.

Mas as férias já estavam previstas e programadas.

Segundo despacho da Presidência da República publicado no Diário Oficial da União de (4/12), Marinho entrará de férias a partir nesta quarta-feira (5/1).

Ele ficará ausente por 28 dias, até 3 fevereiro, período em que as atividades políticas em Brasília ficam mais paradas.

Interlocutores do ministro argumentam que as férias não prejudicarão as ações do ministério para lidar com as consequências das chuvas. Dizem que o número 2 da pasta seguirá trabalhando e que toda a estrutura da Secretaria Nacional da Defesa Civil, vinculada ao ministério, continuará mobilizada.

TL CONTA MAIS 

Marinho aproveita o recesso para andar o interior do Rio Grande do Norte, onde pretende disputar o Senado como o representante maior do Bolsonarismo.

Mas é esperado também que passe dias de lazer ao lado de amigos e familiares em Pirangi, litoral sul do RN.

Do Território Livre

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.