Rio Grande do Norte tem surto de síndrome gripal

Foto: Portal Grande Ponto

O Rio Grande do Norte já passa por um surto de síndrome gripal neste fim de ano. A afirmação foi feita pela subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Diana Rego.

As urgências dos hospitais privados e as UPAS estão lotadas em Natal por causa do vírus da gripe. Mas é preciso ter calma, apesar da febre alta e muita congestão nasal, não é nada demais na maioria dos casos. Muita gente vai para as emergências para descartar o COVID-19. 

Tem algumas diferenças entre as doenças, o Covid-19 a febre é baixa, não tem congestão nasal e secreção, a pessoa fica mal geralmente depois do sétimo dia. Na gripe já no primeiro dia os sintomas são fortes, mas com três dias geralmente os sintomas vão embora. 

De acordo com a Sesap, o estado registrou neste mês de dezembro 93 amostras positivas de Influenza A, sendo 37 do subtipo H3N2.

Outros estados do país também estão passando atualmente por um aumento de casos de síndrome gripal neste período do ano. Na Região Metropolitana do Rio de Janeiro foi confirmada epidemia de gripe.

No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou no sábado (18) o primeiro caso de uma paciente com coinfecção de Sars-CoV-2 (o vírus da Covid-19) e Influenza A H3N2 (gripe) no RN. A paciente de 28 anos mora em Dix-Sept Rosado, na região Oeste, e tem bom estado clínico.

A subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap explica que a cepa H3N2, que tem atingido o país, é de alta transmissibilidade e que provavelmente o surto se dá por um escape sorológico, mas que a vacina previne contra os casos graves dela.

Com o surto, o estado tem atuado pra reforçar a vacinação contra a gripe. Nesta semana, segundo a Sesap, mais de 200 mil doses foram distribuídas para os municípios.

Outro ponto reforçado é que não há mais necessidade de esperar 14 dias entre as doses de vacina contra Covid e gripe. Pessoas acima de seis meses já podem se vacinar contra a gripe. Quem já tomou neste ano não necessita tomar outra dose.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.