O que está por trás da demissão do presidente da Petrobras

Muita gente pensa que o principal motivo da demissão do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foi o aumento constante dos combustíveis.

Mas, tem um ingrediente a mais, que foi publicado pelo Antagonista. Vejamos:

“O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, demitido na última sexta-feira por Jair Bolsonaro, “já vinha enfrentando problemas com o Palácio do Planalto”, diz Merval Pereira.

“Ele havia recusado um pedido do governo para colocar 100 milhões de reais em publicidade nas redes de televisão Record, do bispo Macedo, e SBT, de Silvio Santos.”

Merval Pereira disse que o governo pediu a Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras, 100 milhões de reais em publicidade para SBT e Record.

A Band também estava no pacote. Roberto Castello Branco recusou-se a dar o dinheiro.

Fábio Faria, ministro da Propaganda de Jair Bolsonaro, é genro de Silvio Santos, e Fabio Wajgarten, chefe da Secom, foi contratado do SBT”.

Compartilhar em:

3 Comentários

  • Terezinha Tomaz disse:

    E pra comprar vacina não tem pressa..

  • Dutra Assunção disse:

    Aos imbecis alienados é bom pulvirization memorium! Não existe vacinas disponibilizadas para o próprio país que fabricam ou ainda em fases experimental, sequer suficiente para o próprio país, além de insumos. Quem tem pressa que tudo piore e morra nais gente, são esses comunistas é seus afeiçoados a prática do roubo. Vamos trabalhar vagzbundos!

  • Dutra Assunção disse:

    Aos imbecis alienados é bom pulvirization memorium! Não existe vacinas disponibilizadas para o próprio país que fabricam ou ainda em fases experimental, sequer suficiente para o próprio país, além de insumos. Quem tem pressa que tudo piore e morra mais gente, são esses comunistas e seus afeiçoados a prática do roubo. Vamos trabalhar vagabundos!

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.