Jornalismo com ética e coragem para mostrar a verdade.

maio 19, 2024

TIA CLOTILDE

Ana Cláudia Trigueiro – Psicóloga e Escritora As histórias da minha parentela dariam produções cinematográficas.

Ana Cláudia Trigueiro – Psicóloga e Escritora

As histórias da minha parentela dariam produções cinematográficas. Como a da tia avó que, em 1950, enviou uma carta e uma fotografia para a família. 

Era freira e havia largado o hábito para viver um grande amor, o que foi um escândalo à época. O grande amor era violento e ela o deixou. Acreditem se quiser, pouco tempo depois, ganhou um bom dinheiro na loteria. Não ficou rica, mas o que recebeu deu para realizar alguns sonhos.  

A carta em que pede perdão e relata seu desejo de viajar pelo mundo desapareceu. Mas, a fotografia está no álbum que herdei da minha avó. É esta aqui (acima). Observem o look maravilhoso!

Os sapatos eu usaria até hoje. Mas o que mais me encanta na imagem é o sorriso, confiante e esperançoso, que só a liberdade pode trazer.

Gosto de imaginá-la realizando o que nós, as outras mulheres da família não conseguiram: conhecer outros países. Imagino-a em um café em Paris, livre e em paz, lendo Anïs Nin: "Ajusto-me a mim, não ao mundo...".

Os comentários estão desativados.