Tese do impeachment ganha apoio de quem sonha com uma terceira via

O impeachment do presidente Jair Bolsonaro não agrada só aos partidos de esquerda, e agora cada vez mais aos de Centro.

Agrada aos empresários, aos banqueiros, à parcela da população que se desencantou com Bolsonaro, mas não quer voltar a eleger Lula presidente.

A terceira via, com Bolsonaro no poder, se torna praticamente inviável, e 2022 tende a dividir o país entre Bolsonaro e Lula.

Com o impeachment, o que seria a terceira passaria a ser a segunda via.

E aí o desenho das pesquisas poderá ganhar novos gráficos.

É exatamente isso que o PSDB está enxergando ao propor a discussão sobre o afastamento do presidente, que acumula milhas para voltar para o condomínio de onde saiu, no Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, e se ocupar com a defesa dos muitos processos que deverá responder no futuro.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.