Só General Girão do RN vota com Bolsonaro contra Lei Aldir Blanc e Lei Paulo Gustavo

Plenário da Câmara repleto de artistas, empresários, produtores e secretários de Cultura para uma sessão do Congresso Nacional, que  derrubou, na noite desta terça-feira (5), os vetos do presidente Jair Bolsonaro à Lei Aldir Blanc 2 e à Lei Paulo Gustavo, ambas criadas para incentivar atividades culturais via estados e municípios.

Juntas, as duas proposições somam repasses iniciais de R$ 6,8 bilhões.

Lei Aldir Blanc 2

O veto relativo à Lei Aldir Blanc 2 foi rejeitado por 414 deputados federais. Trinta e nove quiseram mantê-lo, mas foram derrotados. Houve ainda duas abstenções.

No Senado, o placar foi unânime: 69 a 0.

Lei Paulo Gustavo

Já o veto presidencial sobre a Lei Paulo Gustavo foi derrubado por todos os 66 senadores que votaram.

Na Câmara, ainda houve divergência: 356 a 36.

No Rio Grande do Norte, apenas o deputado General Girão (PL) votou a favor do veto presidencial e CONTRA as leis, que fomentam a Cultura do país.

Fonte: Agência Senado

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.