Sesap e municípios discutem instalação do consórcio de saúde do Agreste Potiguar

Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) reuniu na manhã desta quarta-feira (9) prefeitos e secretários e secretárias municipais de saúde do Agreste Potiguar para discutir a implantação do consórcio interfederativo de saúde da região. 

O encontro, realizado no campus de Canguaretama do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), foi o primeiro entre Sesap e municípios para tratar da iniciativa de fortalecimento da saúde no Agreste, que é representado pela I Região de Saúde Pública e reúne cerca de 390 mil potiguares. 

O Governo do Estado está garantindo ao futuro consórcio a infraestrutura física para instalação da policlínica integrada. A estrutura será instalada no antigo hospital regional de Canguaretama, que passará em breve por uma reforma com investimentos de R$ 3,1 milhões apenas na obra física. A futura policlínica terá 15 consultórios de especialidades, laboratórios, setor de exames, entre outras áreas. 

“Nós precisamos trabalhar em conjunto para organizar as regiões, com o objetivo de que sejam resolvidos os problemas nelas mesmas, otimizando os recursos utilizados e, principalmente, dando um atendimento de qualidade à população. Os consórcios são centrais nesse sentido, pois com a dificuldade do financiamento da saúde pública a saída é a união”, afirmou o secretário de Saúde Pública do RN, Cipriano Maia. 

Ao longo da reunião, as equipes técnicas da Sesap e da Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do RN (Funcitern), órgão ligado à Universidade do Estado do RN (UERN) que está trabalhando na implantação dos consórcios, apresentaram as questões técnicas, legais e de gestão que envolvem a implantação da estrutura e dos serviços de saúde em parceria. . 

A proposta envolve uma divisão de orçamento entre a gestão estadual e as prefeituras, sendo 40% do investimento para manutenção dos serviços e o restante rateado entre os municípios integrantes do consórcio. 

Os gestores locais também apresentaram suas dúvidas e sugestões, que foram debatidas. Sesap e municípios firmaram uma agenda de trabalho, que envolve uma visita a uma policlínica no Ceará, que trabalha com o modelo de consórcio há mais de uma década, além de reuniões de trabalho técnicas até o fim de abril para consolidação do modelo de consórcio que funcionará no Agreste.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.