Reunião trata de plano de ação para fiscalizações na Adutora Monsenhor Expedito

O plano prevê acolhimento de denúncias de possíveis desvios de água na adutora

O coordenador Técnico e de Planejamento do Igarn, André Nunes, e a técnica do setor de Fiscalização, Selma da Silva, participaram, na manhã desta terça-feira (20), de reunião com a participação de representantes da Semarh, Caern, Cipam e Idema, que tratou do plano de ação de Fiscalização da Adutora Monsenhor Expedito. A reunião foi conduzida pelo diretor de Operação e Manutenção da Caern, Thiago Índio. 

Entre os trabalhos propostos estão: recepção de denúncias de possíveis desvios de água na adutora através da ouvidoria ou outros meios; voos de drone da Cipam em trechos estratégicos para a observação de áreas de difícil acesso e/ou ampliação de visão;  equipe percorrendo trechos da adutora de carro para a identificação de desvios com o auxílio de equipamentos como georadar; equipe para realização do corte de desvios identificados; realização de notificação aos responsáveis pelo referido desvio; emissão de boletim de ocorrência; cálculo de multa e período não faturado; emissão de relatório de fiscalização; emissão de notícia crime ao MP e emissão de relatório final. 

O Igarn prestará apoio ao plano na fiscalização sistemática da lagoa do Bonfim, já a Semarh apoiará com o auxílio às comunidades rurais; o Idema fiscalizará empreendimentos para o seu devido licenciamento; a Cipam disponibilizará o drone e equipes para acompanhamento dos profissionais da Caern em áreas que oferecem resistência ao trabalho de fiscalização e notificação de irregularidades; o Ministério Público prestará apoio na condução das notícias crime enviadas.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.