Relatos de uma saudade

Suzana Dantas – Esposa de Fernando Luiz Marinho da Fonsêca (in memoriam).                       

Já se passaram quase 19 meses que sofri o mais duro golpe que a vida me deu. Perdi meu grande amor. Foi no dia 19 de julho de 2020 que o Senhor o recolheu.

Tudo ficou cinza, a mesa ficou grande demais, o silêncio da casa grita em meus ouvidos. Os dias e noites são longos, o sono não vem, tudo que era importante e de correria ficou esquecido num canto.

Nos primeiros dias desse pesadelo parecia que eu estava esperando algo ou alguém e esse algo ou alguém não chegava (era você, Fernando Ferrão). Tenho saudade do seu cheiro, do seu sorriso alto, do seu cabelo molhado e super perfumado que você teimava em balançar perto de mim para respingar (rsrsrs).

Sinto saudades do jeito que você me chamava para abrir o portão quando chegava:

– Suzana, ô Suzana…

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-183.png

Saudade de ouvir sua voz, de conversar inúmeros assuntos que só a você, eu confiava. A sua ausência arrancou um pedaço enorme de mim. Sinto-me como uma árvore insegura com o vento e com as raízes muito rasas.

Meus pensamentos pela manhã, ao acordar, e a noite ao deitar, continuam sendo direcionado como sempre, para você e para nossos filhos.

Fernando, todos os momentos das minhas orações, agradeço a Deus por ter me emprestado você, uma joia tão rara que tomou conta de todos nós e nos protegia como podia. Também peço perdão a Deus por ter dormido um pouco mais naquele fatídico dia (depois de várias noites sem dormir) ou por talvez não ter cuidado de você direito e Deus ter te pego de volta tão abruptamente.

– Pergunto a Deus todos os dias: onde foi que eu errei?

Mas, hoje a maior verdade é que te amei desde o dia que te conheci. Te amo hoje, que é uma saudade em meu coração e te amarei até o último segundo da minha vida.

Sempre digo que saudade é o amor que fica e quanto maior a saudade, maior é o amor. Então esse amor que nos uniu é maior que o Universo, pois é uma saudade infinita.

Sinto muita falta das suas brincadeiras bobas e malucas (rsrsrs). Todos os dias, do nada, eu me pego lembrando, desde as coisas mais sérias até as mais banais.

Esses dias sorri sozinha porque lembrei de quando eu aprendi a fazer tapiocas e você como sempre só queria um motivo para fazer suas palhaçadas. Você falava assim (como se estivesse em uma tapiocaria:

Ô dona Maria da tapioca… Sai uma tapioca de queijo com ovo, por favor.

E nós ríamos muito com essas brincadeiras que trazia alegria em nosso lar e você sabia como eu era boba para rir e se aproveitava disso. Mas, tudo isso são lembranças, recordações de uma vida que passamos juntos e nunca vou esquecer, por que você é muito especial, você é único e insubstituível, você é realmente uma parte de mim e sentirei sua falta enquanto eu existir.

A minha felicidade e dos meus filhos estará sempre incompleta porque sempre vai faltar uma parte em nós, que é você. Todos os dias me levanto e me deito porque tenho que fazê-lo pelo imenso amor aos meus filhos, porque quando se tem essa dor tão grande, a gente não vive, a gente sobrevive, mas Deus com seu amor infinito nos carrega nos braços e nos dar forças dia a dia.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-184.png

“Eu sei que vou te amar, por toda minha vida eu vou te amar…” Saudades de ti, meu cabeludo, mas eu sei que mesmo sem poder te ver você estar aqui juntinho de mim por que eu sinto sua presença fortemente e tenho certeza que nunca me abandonarás e essa certeza eu levarei comigo até o dia que vamos nos encontrar novamente e continuar nossa linda história.

Fica com Deus, segue a Luz Divina, Deus é contigo agora e sempre. Até um dia meu amado.

Compartilhar em:

6 Comentários

  • Carlos Antonio Soares da Silva disse:

    🙌🙏🔥🙏🙌👏👏👏👏👏👏👏

  • Sandy Quandt Dantas Marinho disse:

    Lindo relato de um grande e verdadeiro amor, que eu e meu irmão somos frutos, hoje a saudade impera em nossos corações, por vezes muitos pq’s?. Temos uma mãe maravilhosa, que a cada dia demonstra lições de superação mesmo carregando uma dor como a mesma expressa em seu texto, que Deus a permita muita saúde física e espiritual para ficar por muito tempo aqui comigo e meu irmão que tanto amo. TE AMO DEMAIS MINHA MÃE.

    • Patrícia Amaral disse:

      Sinto muito! Estou lendo o texto dela agora é imaginando a dor que ela sente. Que só Deus e ela sabe! É muito forte quando se perde um amor de verdade! Que Deus dê o conforto a toda família. 😔💔

  • Vanda disse:

    A saudade é um dos sentimentos que mais fere fundo nossa alma. Mas também nos ensina muito. É, realmente a prova do amor. Só sente saudade quem ama.

  • Sônia disse:

    Ow minha irmã, sempre choro com seus relatos verdadeiros, sabemos do seu grande amor por Fernando Ferrão uma pessoa muito boa, honesto e simples e cheio de amor por você e por seus filhos. Mas fico sem palavras pra lhe dizer alguma coisa. Nunca vou poder te dizer que não chores, nem deixe de falar em Fenando seu amorverdadeiro. Mas Deus é contigo e Jesus com cortesa vai te dá o conforto a calma e a paz. Fica com Deus minha irmã e que Deus em seu infinito poder te abençoe e te proteja sempre.

  • Sebastião Avelino Dantas disse:

    Muito linda essa sua homenagem minha irmã.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.