Prefeitura de Nísia Floresta decretou Estado de Calamidade Pública em virtude das chuvas

Praia de Barreta, em Nísia Floresta

Desde a segunda-feira (4/7), o município de Nísia Floresta encontra-se em Estado de Calamidade pública. O decreto municipal foi tomado em virtude das fortes chuvas do último fim de semana, que causaram estragos estruturais em diversas áreas na sede, comunidades rurais e nas praias do município.

O teor do documento autoriza a mobilização de todos os órgãos para atuarem sob a coordenação da Defesa Civil Municipal e Secretaria Municipal de Obras, nas ações de resposta ao desastre e reconstrução das áreas afetadas, bem como, convocação de voluntários e a realização de campanhas de arrecadação de recursos para reforçar as ações de resposta ao desastre, com o objetivo de ajudar a população afetada.

O Estado de Calamidade também permite a dispensa de licitação nos casos de emergência, quando caracterizada urgência de atendimento de situação que possa ocasionar prejuízo ou comprometer a continuidade dos serviços públicos ou a segurança de pessoas, obras, serviços, equipamentos e outros bens, públicos ou particulares.

PREFEITO BUSCA APOIO EM BRASÍLIA

O prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, esteve em Brasília, na terça-feira (5) participando de reuniões com o presidente da República, Jair Bolsonaro e na Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério do Desenvolvimento Regional, na tarde desta terça-feira (5).

Na ocasião, o gestor municipal relatou os estragos causados pelas fortes chuvas que caíram na cidade ao longo dos últimos dias, buscando apoio necessário para que seja dada uma resposta mais rápida à população afetada.

A Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, montou uma operação de emergência para socorrer as vítimas das chuvas. Por meio das secretarias de Saúde e Assistência Social vem realizando ações emergenciais para socorrer vítimas das enchentes provocadas pelas chuvas que continuam caindo no município, promovendo alagamentos nas comunidades rurais e devastação na atividade voltada para a agricultura e outros setores produtivos no município.

VIVEIROS DE CAMARÕES

Com as fortes chuvas do fim de semana toda a região de Nísia Floresta, muitos viveiros de camarão foram inundados e transbordaram. Muitos camarões desceram correnteza abaixo. Os populares das localidade próxima de Currais, utilizaram tudo o que puderam para pescar os crustáceos, inclusive, mosqueteiros.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.