Ponto facultativo desta segunda-feira, dia 6: UMA VERGONHA!

Prefeitura Municipal de São José de Mipibu fechará nesta segunda-feira (6)

É condenável o famigerado Ponto Facultativo que os governos estaduais, por tabela, as prefeituras municipais, estão publicando ‘enforcamento”, nesta segunda-feira (6 de setembro), véspera do feriado nacional, dedicado a Independência do Brasil.

A dona Maria vai ao CMEI (que ficou fechado mais de 18 meses) e encontra o portão fechado. Volta para casa, mas, tem que dá expediente na casa de uma família, onde é empregada doméstica. “Seo” José vai na Secretaria de Tributação para tirar uma licença para construção de uma casinha, e as portas estão fechadas. Se for na Central do Cidadão, fazer a carteira de Identidade, certamente encontrará, a porta fechada. O mesmo ocorrerá em todas as repartições estaduais e municipais da cidade.

Chega a ser hilária a denominação “facultativo”. É um feriado e pronto. Um feriado, emendado a outro, oficial, o 7 de Setembro. Mas, só tem direito ao ponto facultativo, os servidores públicos.

É “facultativo” de fachada, já que mesmo que o indivíduo queira trabalhar o seu local de trabalho (as repartições públicas) estarão fechadas, inacessíveis. Para evitar o conflito entre servidores que gostam de trabalhar e os que não gostam de trabalhar, o prefeito ou o governador decretam “ponto facultativo”. Ninguém precisa trabalhar.

Quando o contribuinte paga os impostos para custear os serviços públicos, ele acredita que os serviços públicos serão executados. Pagar impostos é uma antecipação de pagamentos de serviços a serem executados. Se o serviço não foi executado o povo não é ressarcido. O contribuinte pagou, mas o serviço não foi realizado.

Em um balanço rápido, podemos ver que em um ano de 365 dias, trabalhamos 220 dias, pois 104 dias são as folgas de Lei, sábados e domingos.

Quando o prefeito decreta ponto facultativo, os gestores e todos os servidores ficarão ociosos. Ficarão de papo para o ar. O servidor público ficará ocioso. O resto do povo vai trabalhar. Ponto facultativo significa que não é obrigatório trabalhar naquele dia. Pode fazer tudo. Tomar uma gelada na praia, tomar banho de lagoa, namorar, viajar… Só não precisa trabalhar.

O interessante é a justificativa para esse “enforcamento”, da segunda-feira (6/9), pela Prefeitura Municipal de São José de Mipibu: “CONSIDERANDO que a decretação do ponto facultativo causará economia aos cofres públicos e evitará transtornos (crivo nosso) aos serviços públicos municipais”.

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar o tópico.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.