Paisagens de São José de Mipibu (6)

Amanhecer em São José de Mipibu sob o olhar madrugador de Otávio Carvalho, que mostra a belíssima e imponente Matriz de Sant’Ana e São Joaquim.

Mais uma colaboração do leitor Marcelo Fernandes que focaliza a Praça dos Engenhos, no acesso da BR-101 ao centro da cidade, pela rua Olavo Feliciano. Vemos a réplica dos bueiros e de uma “banquê” (engenho de madeira que esmagava a cana de açúcar, movido a tração animal), muito comum no município de São José de Mipibu, nos séculos passados, época em que a economia da cana de açúcar e os engenhos dos barões representavam o Brasil Imperial.

O poder econômico do Rio Grande do Norte estava em São José do Mipibu. Em 1845, o município contava com 35 engenhos em funcionamento, entre eles, o Boa Vista, Olho D’Água, Lagoa do Fumo (que era do Barão de Mipibu), Pituba, da Bica, Mipibu, Santo Antônio, Beleza, entre outros. O açúcar mascavo era destinado ao mercado Europeu, a rapadura e cachaça para o mercado interno, o mel de engenho para ração animal e a cachaça para estimular o trabalho escravo.

Em 1998, o atual proprietário, Arlindo Dantas, na busca do resgate de suas raízes restaurou o maquinário importado da Europa, em 1882 por seu avô paterno, ainda em bom estado de conservação, instalando as antigas moendas, agora impulsionadas por motores elétricos.

Lua cheia, entre os coqueirais a margem da rodovia-BR-101, vindo de Nísia Floresta para São José de Mipibu. Foto batida por Marcelo Francisco

Foto: Marcelo Francisco

Lua cheia, entre os coqueirais a margem da rodovia-BR-101, vindo de Nísia Floresta para São José de Mipibu. Foto batida por Marcelo Francisco. Também é do mesmo auto, a foto  tendo a lua entre torres da belíssima igreja Matriz de São José de Mipibu.

 

 

 

Compartilhar em:

1 comentário

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.