Vereadora Verônica Senra fala sobre a Semana do Meio Ambiente

Rio Mipibu , que dá origem ao nome da cidade – Foto Blog Mipibu em foco

Usando a Sessão por videoconferência da Câmara Municipal de São José de Mipibu, a vereadora Verônica Senra (MDB) falou sobre a Semana do Meio Ambiente.

Estamos na Semana do Meio Ambiente, que culmina com dia 5 como o Dia Mundial do meio ambiente. Momento propício para uma reflexão que deveria ser contínua, como todo ano faço questão de frisar. Mas o que comemoramos? Há o que comemorar ou deveríamos fazer um dia mundial de lamentações, posto que as devastações, as extinções, enfim, a irracionalidade humana avança de forma desgovernada em nome do progresso.

Minhas palavras hoje vêm no intuito de levantar questionamentos e apontar desafios sobre a questão ambiental, pois precisamos avançar urgentemente em ações para termos um futuro melhor e sustentável para todos nós, nossos filhos, netos… para as futuras gerações.

Afirmo que não estaria sendo tão diferentes os tempos que atualmente vivemos, tanta poluição e doenças avançando na sociedade destaco a pandemia de Covid-19 que estamos convivendo. Mas bem, digo isto porque por tempos estamos atingindo fortemente nossos recursos naturais, de tal forma que seu esgotamento, é iminente e suas consequências desastrosas.

Será que estamos dando a atenção essencial ao Meio Ambiente? O que estamos fazendo com nossos rios, lagoas, nossas águas subterrâneas? E a devastação recorrente das matas e da biodiversidade nos nossos ecossistemas? A proteção destes recursos tão importantes para a o equilíbrio ambiental está sendo levada a sério pela sociedade?

A Amazônia continua queimando, sendo devastada. O resto que sobra da mata atlântica também. Espécies novas de animais são descobertas e já estão em perigo de extinção. Muitos crimes, muita impunidade e pouco diálogo. A crise em nosso país só faz aumentar.

Abro um parêntese para dizer que me refiro a Sociedade em seu contexto amplo, onde reúne-se todas as instâncias de poder, e a população que é atingida e ao mesmo tempo, muitas vezes, impactam fortemente e negativamente o meio ambiente, quando não agem sustentavelmente.

Trazendo aqui para nosso município podemos dar exemplo de algumas constatações de impactos tão severos e negativos ao meio ambiente, como a exemplo de pontos de poluições e contaminações que ainda se encontra na área de nossa Fonte da Bica, tão importante para o abastecimento de nossa população. Nossos rios e lagoas cujas nascentes não são protegidas. Outro infeliz exemplo é o destino do lixo do nosso município, que continuam gerando lixões, que mesmo não sendo a céu aberto, tendo a Secretaria Municipal de Obras o cuidado de mantê-lo sobre controle fazendo o devido aterramento, não possui a destinação ideal. Eu poderia até ficar listando mais exemplos, porém, mais importante é olhar para possíveis soluções que estas indagações e estes exemplos nos possibilitam aavançar, visando vencer grandes desafios.

Pois bem, dentre grandes desafios temos:

Faz-se necessário fortalecer o nosso sistema municipal de meio ambiente, e relacionar as ações com as demais áreas de serviços essenciais, como a saúde, educação e assistência social, dentre outras.

Fica clara a urgência em reestruturar os sistemas de saneamento, com a efetivação da cobertura de esgotamento sanitário (há mais de 10 anos iniciada e não concluída), de gerenciamentos de resíduos sólidos e limpeza urbana, melhorar a infraestrutura de drenagem urbana e de abastecimento de água, onde seja permanente, com qualidade e quantidade.

Ano passado, após dois anos e meio de trabalho incessante por parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e nesse momento quero parabenizar a secretária Municipal Aline Gonçalves e sua equipe, fomos um dos primeiros municípios a concluir o Plano Municipal de Saneamento Básico, mas com essa pandemia tudo está parado. Nada avança.

O mesmo se diz do Código de Postura e Obras, que está sendo feito em consonância com da revisão do Plano Diretor, que quando concluído muito irá ajudar nas demandas em nosso município que tanto atingem o meio ambiente.

Esses sistemas precisam funcionar com integridade, seja na área urbana quanto na nossa zona rural. Tantos desafios existentes, porém, estes listados anteriormente podemos dizer que há tempos vêm sendo perseguidos para serem efetivados e tornar melhor a condição de proteção ambiental e por conseguinte da saúde humana, promovendo assim, um melhor qualidade de vida a todos. Afinal é papel de todos, buscar agir no contexto da preservação ambiental para manutenção do equilíbrio socioambiental para as presentes e futuras gerações.

Verônica Senra, vereadora de São José de Mipibu/RN

Fake News: CPMI identifica 2 milhões de anúncios em canais de ‘conteúdo inadequado’

FOTO: Daniel Marenco/Agência O Globo

Relatório produzido a pedido da CPMI das Fake News identificou 2,065 milhões de anúncios pagos com verba da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) em sites, aplicativos de telefone celular e canais de YouTube que veiculam conteúdo considerado inadequado. Entre eles estão sites que divulgam notícias falsas, oferecem investimentos ilegais e até aplicativos com conteúdo pornográfico.

O relatório, elaborado por consultores legislativos, foi divulgado nesta terça-feira (2) pela CPMI. Seus dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso a Informação (LAI). O relatório diz que, apesar de ter solicitado informações do período entre janeiro e novembro de 2019, a Secom só forneceu dados referentes a 38 dias, entre 6 de junho e 13 de julho do ano passado.

Mesmo assim, segundo o relatório, foi possível identificar que parte dos anúncios pagos pela Secom foi parar em canais com conteúdo inadequado. A verba utilizada neste período era para a campanha sobre a Reforma da Previdência e se refere a recursos distribuídos na internet por meio da plataforma Adwords e Adsense do Google. Essa publicidade é direcionada de forma automática aos sites pelas plataformas, mas é possível ao anunciante bloquear tanto sites específicos quanto categorias de assuntos.

No total, os consultores da CPMI idenficaram 843 canais considerados inadequados que veicularam um total de 2.065.479 anúncios. Entre esses canais estão 47 sites que divulgam notícias falsas, 741 canais do Youtube que foram removidos pela plataforma por descumprimento de regras, 12 sites com notícias sobre jogos de azar, sete que fazem ofertas de investimentos ilegais e quatro com conteúdo pornográfico.

O relatório, elaborado por consultores legislativos, foi divulgado nesta terça-feira (2) pela CPMI. Seus dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso a Informação (LAI). O relatório diz que, apesar de ter solicitado informações do período entre janeiro e novembro de 2019, a Secom só forneceu dados referentes a 38 dias, entre 6 de junho e 13 de julho do ano passado.

Mesmo assim, segundo o relatório, foi possível identificar que parte dos anúncios pagos pela Secom foi parar em canais com conteúdo inadequado. A verba utilizada neste período era para a campanha sobre a Reforma da Previdência e se refere a recursos distribuídos na internet por meio da plataforma Adwords e Adsense do Google. Essa publicidade é direcionada de forma automática aos sites pelas plataformas, mas é possível ao anunciante bloquear tanto sites específicos quanto categorias de assuntos.

No total, os consultores da CPMI idenficaram 843 canais considerados inadequados que veicularam um total de 2.065.479 anúncios. Entre esses canais estão 47 sites que divulgam notícias falsas, 741 canais do Youtube que foram removidos pela plataforma por descumprimento de regras, 12 sites com notícias sobre jogos de azar, sete que fazem ofertas de investimentos ilegais e quatro com conteúdo pornográfico.

A classificação do que é um site que divulga notícias falsas foi feita pela própria equipe que elaborou o relatório. Entre os sites colocados nesta categoria estão o “Jornal da Cidade Online”, “Jornal 21 Brasil”, “Terça Livre”, “Folha do Brasil”, “Diário do Centro do Mundo” e “Revista Fórum”. O “Jornal da Cidade Online” é o mesmo que, segundo o perfil Sleeping Giants Brasil, recebeu verba publicitária do Banco do Brasil.

Ao todo, os 47 sites que divulgam notícias falsas identificados pelo relatório receberam 653.378 anúncios. Os sites com conteúdo pornográfico receberam 27 anúncios.  O documento aponta ainda a necessidade de questionar a Secom sobre o total de anúncios veiculados ao longo de todo o ano de 2019 em relação ao site Terça Livre, do blogueiro Allan dos Santos. O relatório afirma que, durante oitiva na CPMI, o blogueiro afirmou que não recebia dinheiro público, mas os dados da Secom mostraram que seu canal no YouTube recebeu 1.447 anúncios.

“Necessário, portanto, formular questionamento àquela secretaria para quantificar exatamente o montante pago ao canal em todo o período de vigência do contrato com o Google Adsense, tendo em vista que tivemos acesso apenas aos dados parciais”, diz um trecho do relatório.

Allan dos Santos é um dos investigados no inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e que investiga uma suposta rede de divulgação de notícias falsas e ataques contra ministros da Corte. No domingo, reportagem do GLOBO revelou que, além de receber por anúncios pagos pela Secom, o blogueiro recebeu por anúncios pago pela Petrobras e Eletrobras.

Foram identificados ainda cinco canais que fazem promoção pessoal de autoridades como o presidente Jair Bolsonaro e que receberam anúncios pagos pela Secom. Entre os canais identificados pelo documento estão canais no YouTube como o “Bolsonaro TV” e o canal pessoal do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), além do site do senador.O relatório aponta que a destinação de verba pública para a promoção pessoal de autoridades pode ser interpretada como violação à Constituição Federal.

“A veiculação de anúncios, pela Secom, em canais desse tipo pode gerar questionamento com base no § 1º do art. 37 da Constituição, pois abre a possibilidade de se interpretar tal fato como utilização da publicidade oficial para promoção pessoal, conduta vedada pela Carta Magna”, diz um trecho do documento.O documento critica a forma como a Secom utilizou suas verbas e aponta para o potencial prejuízo à imagem do governo.

“Além disso, fica claro que a utilização do programa Google Adsense pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da  República gerou várias incorreções na condução da política de publicidade oficial da Presidência da República”, diz um trecho.

“Como pudemos observar, houve descontrole do target (alvo) das ações publicitárias, o que redundou em desperdício de recursos públicos. Adicionalmente, o dinheiro da publicidade oficial terminou por ser empregado em diversos canais com conteúdo inadequado, fazendo com que a imagem do Governo Federal fosse veiculada em canais de baixa qualidade e associada a conteúdos falsos, criminosos, de cunho sexual ou referentes a promoção pessoal do Presidente da República”, diz outro trecho do relatório. (Por O Globo)

Vereador Dalmo denuncia buraqueira na rodovia estadual RN-002

FOTOS: DALMO PEREIRA

O vereador Dalmo Pereira (MDB) ocupou o plenário da Câmara Municipal para denunciar o péssimo estado em que se encontra a rodovia estadual, RN-002, no trecho que interliga o centro da cidade, em toda a extensão urbana da Avenida Pedro Ferreira até o entroncamento da RN-316 que passa na cidade de Monte Alegre.

Com as últimas chuvas caídas na região, a situação da estrada piorou. A rodovia encontra-se com enormes buracos em toda a extensão, criando perigo aos que transitam na rodovia, podendo provocar acidentes de graves proporções.

Diante disso o vereador Dalmo Pereira enviou requerimento ao Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER/RN), solicitando do órgão a realização de serviço de recapeamento asfáltico.

PALAVRAS DO DER

O blog O Alerta manteve contato com o DER, e o diretor Manoel Marques, declarou, que “a rodovia RN-002 é um dos grandes problemas que tenho na região Agreste. Anualmente, recebo somente R$ 10 milhões, para atender a malha viária do estado. Preciso de R$ 25 milhões”

E adianta: “Dei uma parada nos serviços, por conta das chuvas. Por isso apelo aos prefeitos municipais para nos ajudar, neste momento”. E conclui: “Não tenho previsão para realizar os serviços. Caso consiga mais recursos, está programado atingir roda a malha viária com operação de conservação e manutenção, até o fim do ano”.


Prefeitura de São José de Mipibu adere ao Pacto pela Vida

A Prefeitura de São José de Mipibu e outras sete prefeituras da Região Metropolitana de Natal, aderiram ao ‘Pacto pela Vida’, ação iniciada pelo Governo do Estado que convoca os poderes executivos municipais a agirem de forma direta no combate à pandemia, especialmente em ações de fiscalização do cumprimento dos decretos estaduais para aumentar o índice de isolamento social.

Na tarde desta terça-feira (02) em reunião por videoconferência, a  governadora Fátima Bezerra reuniu prefeitos e representantes de São José de Mipibu, Ceará-Mirim, Monte Alegre, Nísia Floresta, Goianinha, Ielmo Marinho, Arês, Maxaranguape, Vera Cruz e Bom Jesus.

Entre as ações estão o fechamento de orlas, maior fiscalização de feira livres, proibição de circulação em áreas públicas, controle de circulação com blitzen, entre outras medidas.

 Por meio do diálogo, a governadora busca ampliar o endurecimento de regras para promover o isolamento social, medida considerada mais eficaz no combate ao coronavírus (Covid 19), com o envolvimento direto das prefeituras no cumprimento e na fiscalização das medidas estabelecidas nos decretos estaduais.

 Os prefeitos confirmaram a intenção de colaborar intensificando a fiscalização e cumprimento dos decretos do estado. Fizeram pedidos em relação ao reforço na segurança, solicitaram EPIs e melhora na estrutura de atendimento dos casos graves com mais UTIs.

Os gestores exaltaram a necessidade de reforço no isolamento e regras mais rígidas de controle social, e   reconhecem a necessidade de uma conscientização maior da sociedade, bem como seu papel de colaborar com o Governo do RN no cumprimento das medidas.

De São José de Mipibu, o secretário Municipal de Saúde, Jefferson Souza, representou o prefeito Arlindo Dantas, na videoconferência.

Câmara Municipal de Mipibu cria Comissão Temporária Especial para acompanhar medidas de combate ao coronavírus

Vereador Daniel Ferreira reivindicou participação da Câmara Municipal nas discussões de combate ao coronavírus, em nível municipal(FOTO: Blog João Maria Freire)

O presidente da Câmara Municipal de São José de Mipibu, vereador Jean Poggio Nerino, assinou portaria nº 29/2020, designando os vereadores Daniel Ferreira (PL), Verônica Senra (MDB) e Dalmo Pereira (MDB) para comporem a Comissão Temporária Municipal da Câmara Municipal de São José de Mipibu, para representar o Poder Legislativo, em nível municipal ou estadual, nas discussões acerca das medidas e de prerrogativas de combate ao coronavírus (Covid-19)

Segundo o vereador Daniel Ferreira, “essa foi uma das reivindicações que levamos ao plenário da Câmara Municipal, uma vez que esse Poder não poderia ficar omisso das discussões e acompanhamento das ações de combate ao coronavíruis, com isso conseguimos sensibilizar o presidente Jean Nerino e nossos pares”, alegou o parlamentar.

Governo articula ampliação do isolamento em todo o RN

Após reunir prefeitos e autoridades da saúde de municípios da Região Metropolitana da capital – Natal, Parnamirim, São Gonçalo, Macaíba e Extremoz – nesta segunda-feira, 01, o Governo do Estado ampliará contatos com prefeitos das demais regiões do Estado em busca de firmar um pacto em defesa da vida no enfrentamento à pandemia do coronavírus. O comprometimento maior dos municípios, empresários e da população em geral em aumentar o isolamento social e respeitar os decretos governamentais é a única forma de reduzir a contaminação, as internações que lotam as redes hospitalares e as mortes.

O secretário de saúde pública, Cipriano Maia, explicou qual o intuito do Governo do Estado. “A transmissão da doença acontece no contato entre pessoas. Por isso, o pacto proposto pela governadora com os municípios, empresários e sociedade, instituições filantrópicas, de bairro e clubes de mães, é para intensificar o isolamento. No pacto, os municípios devem reforçar a atenção básica à saúde e adotar medidas restritivas à circulação. É um esforço em defesa da vida, para sairmos dessa situação com segurança e mais vidas salvas”, afirmou.A

s palavras de Cipriano são reforçadas pelo médico sanitarista e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaime Calado. “Se cada um fizer sua parte, a gente sai rapidamente da pandemia, teremos nossa vida de volta nas áreas sanitária, econômica e social”.

Nesta terça-feira, 2.581 pessoas estão hospitalizados em leitos de  UTI, semi-UTI e clínicos. Deste total, 287 ocupam leitos críticos e 294 leitos clínicos, nos hospitais das redes pública e privada em todo o Estado. A fila de regulação para leitos exclusivos Covid, tem hoje 10 pacientes com prioridade 1, 22 com prioridade 2 e 73 com prioridade 3. (Fotos: Demis Roussos)

Prefeitura de Mipibu divulga telefone para solicitar substituição de lâmpadas queimadas

Visando melhorar o atendimento na prestação de serviços voltada para a iluminação pública, a Prefeitura Municipal de São José de Mipibu, por meio da Secretaria Municipal de Obras implantou um novo sistema que permite a interação direta da população com o setor responsável pela substituição de lâmpadas danificadas.

Para encaminhar a solicitação o contribuinte deve fornecer informações pelo WhatsApp 99420-0297. A informação deve ser fornecida apenas por mensagem de texto ou de voz. As ligações diretas não são recomendadas. Por outro lado, se a pessoa desejar a retirada de podas e entulhos as demandas devem encaminhar a solicitação pelo WhatsApp 99457-9768, por meio de imagens e mensagem de texto ou áudio, não devendo portanto o contribuinte realizar chamadas diretas

Vereadora Verônica solicita suspensão do recesso parlamentar de julho

Vereadora Verônica Senra ( Foto: Blog De olho em Mipibu)

A vereadora Verônica Senra (MDB) deu entrada em um requerimento solicitando a suspensão do recesso parlamentar dos vereadores de São José de Mipibu, no próximo mês de julho.

Em seus argumentos, a vereadora considerou que “o recesso parlamentar, que se daria entre os dias 21 de junho e 9 de julho, e levando em conta que estamos vivendo um momento atípico, com a incidência da pandemia do novo coronavírus, com as sessões estão ocorrendo de forma online, em vídeos conferências, faz-se necessário o trabalho ininterrupto dos parlamentares”.

Verônica acrescenta que “nesse momento de crise é necessário, no intuito de superarmos essa crise o mais rápido possível e estarmos a disposição da sociedade mipibuense e do Gestor Público. Por isso requeri a suspensão do recesso parlamentar que se daria no período de 21 de junho a 10 de julho próximo”.

Central do Cidadão de São José de Mipibu completa 16 anos

Há 16 anos que construímos,   junto com os cidadãos, um diálogo e o aprendizado constante de prestação de serviço em prol da sociedade, visando, antes de tudo, o usuário do serviço público,  de forma que sinta-se abraçado, acolhido e atendido! É com o espírito da servidão em prol do bem comum, e buscando a eficiência do serviço público com  a satisfação da população,  que comemoramos essa data! Que possamos servir com maestria e trabalhar com excelência, para que nossa missão seja sempre cumprida: Servir com espírito público! Que Nossa comemoração e satisfação de hoje, sejam fontes propulsoras para tornar o serviço público sempre eficiente e eficaz para aqueles que o buscam e que são os principais motivos da nossa comemoração: Vocês, usuários/cidadãos. Parabéns Centralinos de Mipibu (Maninho Palhano – Gerente)