Onze dias após as fortes chuvas, diferente de outro municípios, São José de Mipibu ainda não decretou situação de emergência

Desde o dia 1º de julho, o Rio Grande do Norte, vários municípios, principalmente, nas regiões do Litoral Agreste Potiguar vem ocorrendo chuvas intensas. Os 11 primeiros dias de julho no Rio Grande do Norte tiveram 130 municípios com chuvas que já atingiram o volume esperado para todo o mês. O Governo do Estado já reconheceu situação de emergência em 21 municípios. Os municípios de Boa Saúde, Goianinha, Jundiá, São Pedro e Pedro Velho foram as últimas cidades que tiveram estado de emergência reconhecido.

RECURSOS FEDERAIS

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Marcos Carvalho, para ter o estado de emergência reconhecido, o município precisa atestar que teve danos em três pilares: humano, ambiental e material.

Comprovada, a situação é reconhecida e os gestores terão, durante esse estado excepcional, condições especiais para a administração pública. Além disso, os municípios poderão solicitar, à União, recursos federais para o enfrentamento dos desastres.

Na prática, o estado de emergência torna mais rápido compras de bens e produtos, além de agilizar contratações de serviços que são utilizados na solução da problemática, neste caso os efeitos das chuvas.

O que chega a estranhar os mipibuenses que acompanham nas mídias estaduais e locais, é que até esta segunda-feira (11), a Prefeitura Municipal de São José de Mipibu, ainda, não tenha decretado situação de emergência no município.

São José não é uma ‘bolha’ para não ter sofrido estragos com as fortes chuvas. Pelo contrário, o blog recebeu inúmeros vídeos e fotos, de alagamentos de ruas e casas, cheia de rios que deixou comunidade ilhada, como Sítio Buracos, estradas vicinais esburacadas e com crateras, estragos em pavimentos de ruas…

Parece que nada disso ainda sensibilizou o gestor municipal, para que decretasse situação de emergência, a fim de que possa receber ajuda dos governos estadual e federal.

APOIO FEDERAL

Diante da situação, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC) instalou um gabinete no RN para auxiliar os municípios que sofrem com efeitos das chuvas dos últimos dias.

São as cidades em situação de emergência:

  • Natal
  • Ceará-Mirim
  • São Gonçalo do Amarante
  • Macaíba
  • Parnamirim
  • Nísia Floresta
  • Extremoz
  • Touros
  • Nova Cruz
  • Canguaretama
  • Montanhas
  • Várzea
  • Espírito Santo
  • Pedro Velho
  • Tibau do Sul
  • Ielmo Marinho
  • Jundiá
  • Goianinha
  • Boa Saúde
  • São Pedro
  • Pedro Velho

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.