“O Brasil não é um país sério…”

Bolsonaro, em Natal, desrespeitando as leis do Brasil

José Alves – É jornalista

O título deste texto, parafraseando o então presidente francês, Charles de Gaulle, que em 1963, durante um incidente diplomático envolvendo o Brasil e a França relativo à pesca de lagostas, teria dito que “o Brasil não era um país sério…” A frase, se verdadeira ou não, serve para mostrar que algumas leis no Brasil não são cumpridas e exercida em sua plenitude.

Nesta sexta-feira (17), o presidente da República, Jair Bolsonaro, veio a Natal, para o lançamento do Programa Internet Brasil. E… claro, fazer campanha política.

Como sempre, seus apoiadores aguardavam o mandatário no posto de combustível Dudu, na saída da Base Aérea de Natal, para seguirem junto com ele em motociata pelas ruas da capital, como sempre faz. Na garupa de Bolsonaro, o ex-ministro e pré-candidato ao Senado, Rogério Marinho, seguiu com o presidente no percurso que seguiu em direção à Avenida Roberto Freire, retornando em seguida em direção a Praça Mãe Peregrina, em Cidade Satélite (Pitimbu).

Percorrendo a rodovia BR-101, em parte do trajeto, o presidente não usava capacete, apesar de proibido pela legislação do trânsito e contar com motos e viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A mesma Polícia Rodoviária Federal que parou o motoqueiro Genivaldo de Jesus Santos, às margens da BR-101, no interior de Sergipe, por não estar utilizando o capacete – e o teria matado ao trancá-lo na mala da viatura após jogar gás lacrimogêneo no interior do veículo -, é a que fechou os olhos, aqui em Natal a esse episódio de desrespeito à legislação de trânsito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Ao contrário do desrespeito a nossa legislação do trânsito, Bolsonaro esteve, recentemente, em Orlando, nos Estados Unidos, país em que respeita as leis. O evento foi organizado por apoiadores do presidente do estado da Flórida. Diferente da maioria dos atos feitos no Brasil, onde também é obrigatório, ele usou capacete ao andar de moto ao contrário de seu comportamento aqui no Brasil

Bolsonaro em Orlando, nos Estados Unidos, usando capacete, obedecendo as leis do país

Não é a toa, que no exterior, se comenta que o “Brasil não é um país sério”.

Compartilhar em:

2 Comentários

  • Luís Carlos Freire disse:

    Parabéns pelo texto. No ponto certo. Imparcial e fortemente reflexivo. Não dá para confiar num elemento sem seriedade igual a esse. Ele ri do próprio país. É um desqualificado total. Homem sem escrúpulos, sem nada de bom.

  • Didi Avelino disse:

    Parabéns ao diretor e editor do Blog O ALERTA, José Alves, pelo texto, absolutamente, imparcial, oportuno e objetivo.
    O que dizer de um homem investido no cargo de “mandatário supremo” de uma nação que, ostensivamente, desrespeita, ignora e debocha das leis desse mesmo país? E, pior, de todas as leis, às quais tem sobejamente aviltado nas mais diversas situações.
    Considero que não há mais como qualificar tal postura. Não há mais adjetivos à altura de tamanhas e grotescas atitudes.
    Resta-nos a vergonha de uma representação tão vil e a revolta de ver o péssimo exemplo cada vez mais proliferar em nossa sociedade. Lamentavelmente.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.