MPRN lança mais um projeto de aproximação com a sociedade

Primeira edição do projeto MPRN Perto de Você será realizada em Pau dos Ferros, entre os dias 4 e 7 de abril; população será atendida em estrutura móvel, na Praça da Matriz

Aproximar o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) da sociedade potiguar e apresentar à população um retrato do que é a instituição e como os seus membros e servidores atuam. Esse é o objetivo do MPRN Perto de Você, um projeto que pretende realizar ações de atendimento e incentivo a concretização de políticas públicas por todo o Estado, buscando atender as necessidades dos cidadãos.

A primeira edição do MPRN Perto de Você ocorrerá entre os dias 4 e 7 de abril, no município de Pau dos Ferros, no Oeste potiguar. O MPRN Perto de Você contará com atendimentos em uma estrutura móvel, instalada na Praça da Matriz, no Centro da cidade, além de eventos simultâneos, realizados na Casa de Cultura e no campus do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).

“Para melhor atender à sociedade, o MPRN vem buscando formas de inovar e ampliar o atendimento aos cidadãos, potencializar a nossa missão institucional. Recentemente, disponibilizamos uma Central de Atendimento Eletrônico e Telefônico, facilitando a interação e proporcionando um melhor acesso das pessoas ao MPRN. Agora estamos levando esse projeto aos municípios. É uma forma de prestar um atendimento ainda mais efetivo e próximo para a população, fortalecendo a rede local”, explicou a procuradora geral de Justiça, Elaine Cardoso.



O MPRN Perto de Você contará com a participação de promotores de Justiça de Pau dos Ferros, dos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa dos Direitos do Idoso e das Pessoas com Deficiência (Caop Inclusão), de Defesa da Criança e do Adolescente (Caop Infância e Juventude), de Defesa da Cidadania (Caop Cidadania), de Defesa do Patrimônio Público (Caop Patrimônio Público), de Defesa da Saúde (Caop Saúde), de Defesa do Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente) e Criminal (Caop Criminal), bem como do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf), de representantes da Ouvidoria e de servidores do MPRN.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.