Justiça de São José de Mipibu entrega recursos do Programa “Devolver para Reparar”

Defensor Público, Francisco de Paula, Juíza Miriam Jácome e
promotor Público, Diogo Maia Cantídio

Em solenidade simples, por conta da pandemia, a juíza da Comarca de São José de Mipibu, Miriam Jácome de Carvalho Simões, fez a entrega na quinta-feira (26), no auditório do Fórum Municipal, de R$ 52.109,70, a três entidade, cadastradas previamente.

Foram beneficiadas: a 2ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar, a Associação de mulheres e jovens do Pau Brasil e Rocinha – AMJOPAR e a Unidade Operacional da 15ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal do RN.

Na oportunidade, a juíza Miriam Jácome falou da satisfação em realizar a entrega desses valores e reforçou a importância desse programa do TJRN, que segue as orientações do CNJ, devolvendo à sociedade valores oriundos de prestações pecuniárias provenientes de penas de crimes de menor potencial ofensivo, que são transformadas em prestações pecuniárias.

Juíza da Comarca, Miriam Jácome de Carvalho Simões

O Programa “Devolver para Reparar”, do TJRN, fez a entrega de R$ 52.109,70, durante solenidade, que seguiu todos os protocolos de segurança, em virtude do momento pandêmico, ocorreu nesta quinta-feira, dia 26.08.2021, às 14 horas no Salão do Júri do Fórum Municipal.

 Os valores foram distribuídos para as entidades:

2ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, através de seu representante, o Capitão Ewerton de Moura Azevedo. O projeto será para aquisição de equipamentos para o aparelhamento da Companhia com vistas a conferir aos policiais melhores condições de trabalho na localidade de atuação do referido órgão. O valor liberado foi de R$ 19.503,00.

Associação de mulheres e jovens do Pau Brasil e Rocinha – AMJOPAR, através de sua representante, a Sra. Eliana Cardoso Barbosa. O projeto  “As ruas são feitas para tocar e dançar” tem a finalidade de promover a inserção de jovens carentes em situação de vulnerabilidade social. O valor liberado foi de R$ 12.667,00.

O projeto “As ruas são feitas para tocar e dançar”, da Associação de Mulheres e jovens das Comunidade do Pau-Brasil e Rocinha, de São José de Mipibu, tem finalidade de promover a inserção de jovens e crianças em situação de vulnerabilidade social. Em nome da entidade, nossos sinceros agradecimentos a juíza Dr. Miriam e toda equipe pela confiança e apoio! Obrigado por esse carinho. Assim também nós nos comprometemos prestar conta com muita seriedade e no tempo que nos foi determinado”, disse dona Eliana Cardoso, presidente da AMJOPAR”.

15ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal do RN – Unidade Operacional de São José de Mipibu, cujo chefe de delegacia, Dr. Fábio  Soares de Sousa Dantas foi representado na solenidade pelo Policial Rodoviário Federal, o Sr. Bruno Medeiros. O projeto será destinado para aquisição de equipamentos eletrônicos para fomentar a segurança local, a ser instalado no Posto da Polícia Rodoviária Federal desta comarca. O valor liberado será de R$ 19.939,70 .

O promotor de justiça da Comarca, Dr. Diogo Maia Cantídio, também presente à solenidade, parabenizou a prestação de serviço  das entidades à sociedade local e que o “Programa Devolver para Reparar” é uma retribuição a esse trabalho. Já o Defensor Público de São José de Mipibu, Francisco de Paula Leite Sobrinho reforçou a importância do projeto e que a Defensoria apoia essa iniciativa.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.