Isolda cobra punição a deputado Michel Diniz por quebra de decoro

O deputado estadual Michael Diniz (SDD), que está no exercício do mandato há menos de um mês, protagonizou mais uma cena polêmica ao posar para fotografia, em frente ao gabinete da deputada Isolda Dantas (PT), fazendo “arminha” com as mãos, símbolo comumente utilizado pelo presidente Jair Bolsonaro e por seus apoiadores para manifestar o apoio às pautas armamentistas.

O parlamentar assumiu o mandato após o então deputado Kelps Lima se licenciar do cargo por 120 dias no mês de junho. Michael, terceiro suplente do Solidariedade nas eleições de 2018, foi empossado deputado estadual do Rio Grande do Norte no último dia 15 de junho, há pouco menos de mês. Desde então, essa é a segunda polêmica que o deputado, declaradamente “monarquista e de direita”, protagoniza. O primeiro episódio aconteceu exatamente uma semana após sua posse, quando, em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, ele criticou a comunidade LGBT, sugerindo que seus membros precisavam de “tratamento psiquiátrico”.

A imagem do deputado junto a outras três mulheres fazendo o símbolo em frente ao gabinete da deputada petista foi parar nas redes sociais, publicada pela jovem Paula Castelo Branco, que postou a foto na ferramenta stories do Instagram com a seguinte mensagem: “@MichaelDinizRN será que a nossa ‘cumpanhêra’ vai gostar da foto opressora e nada feminista? kkkkkk”, provocou Paula.

Após a foto começar a começar a repercutir fora da rede social e ser comparada aos acontecimento do fim de semana, quando na cidade de Foz do Iguaçu, um homem foi morto durante sua festa de aniversário temática do PT, a autora da imagem se manifestou usando a mesma ferramenta. Ela publicou recortes de uma notícia do fato com a seguinte mensagem: “A mídia esquerdista piraaa. Kkkkkkk”, e completou fazendo uma crítica à tentativa de ligar a foto ao crime ocorrido no interior do Paraná. “A foto foi postada semana passada e o Blog de má fé veio ligar com um fato ocorrido recentemente. Enfim, a mídia sensacionalista é sebosa”, disse Paula Castelo Branco.

A deputada Isolda Dantas (PT), titular do gabinete onde a foto foi feita, se manifestou por meio de vídeo em suas redes sociais. Ela lembra os episódios de violência vivenciados nos últimos dias em decorrência de divergências políticas, e diz que no caso da foto, ela vai tomar “providências legais”.

“Um deputado aqui na Assembleia do Rio Grande do Norte foi na porta do meu gabinete fazer arminha. Todas as providências serão tomadas contra esses covardes”, declarou a deputada Isolda Dantas.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.