INVERNO

Por Crisólita Thé Bonifácio


Para muitos a estação do Inverno é motivo de alegria, de esperança. Para outros, o Inverno traz nostalgia, saudade, tristeza. Suas chuvas podem ser comparadas às lágrimas de alguém que, como eu, perdeu um ente querido.


Para aqueles que vivem em áreas secas, as chuvas são muito bem vindas. Elas trazem a esperança de dias melhores. A vegetação, de repente, fica toda verdinha. As crianças tomam banho nas bicas, chuveiro improvisado. As mães providenciam potes   para encherem com o líquido santo das chuvas que abastecerão por dias a família já esquecida do sabor da água potável. Os homens tratam de preparar a terra a fim de plantar o feijão, o milho, a batata e outras culturas. São cultivadas para o sustento da família e, também, venderem nas feiras livres. 


As chuvas também refrescam o ar sufocante das grandes cidades que, com seus arranha-céus, deixam o ar insuportável. Mas, infelizmente, mostram os grandes problemas dos alagamentos, principalmente na periferia tão esquecida pelos governantes.  É lamentável vermos as famílias perderem seus utensílios domésticos, comprados com tanto sacrifício, simplesmente pelo descaso das autoridades competentes.


Crisólita, 14/05/2021.

Compartilhar em:

2 Comentários

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.