Governo do RN procura terreno em São José de Mipibu para construção do IERN

Unidade atenderá mais de 1400 alunos

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte está a procura de um terreno em São José de Mipibu, nas margem da rodovia federal BR-101, com área mínima de 8.000 M². Os terrenos, anteriormente, disponibilizados para doação, pela Prefeitura Municipal de São José de Mipibu, um deles, localizado no bairro de Pau Brasil, próximo à UPA, segundo informações, “não teria visibilidade política”. Outro terreno aceito pelo técnicos do governo estadual, próximo ao acesso para a cidade de Monte Alegre, na BR-101, “foi verificado, posteriormente, que a área era um loteamento e a área pública não ficava na margem da rodovia federal”, segundo o secretário municipal de Tributação, Mirabeau Batista.

Os IERNs têm infraestrutura inspirada no modelo dos Institutos Federais, sendo construídos e mantidos pelo Governo do Estado, e integram o Programa Nova Escola Potiguar (PNEP).

Nesta quinta-feira (17), o Governo do Estado, publicou o aviso de licitação para a construção do Instituto Estadual de Educação Profissional, Ciência, Tecnologia e Inovação do RN (IERN) de Touros. Com orçamento estimado em aproximadamente R$ 10 milhões, a unidade atenderá mais de 1.400 alunos e será construída em terreno doado pela prefeitura do município. O edital será publicado no Diário Oficial desta sexta (18). Também já foram lançados editais para Natal, Alexandria, Umarizal, Campo Grande e Tangará.

A iniciativa conta com a criação de 12 campi em todas as regiões do Estado, sendo inicialmente construídas unidades nas cidades de Natal, Touros, São José de Mipibu, Tangará, Santana do Matos, Jardim de Piranhas, Campo Grande, Umarizal, Alexandria, São Miguel, Mossoró e Areia Branca. Orçados em R$ 114 milhões, os campi terão área mínima de 8.000 M², e a previsão de conclusão é até o final de 2022. 

Os IERNs partem de um novo conceito, onde as unidades serão referência na educação profissional e desenvolvimento de tecnologias e inovação na rede estadual de ensino. A intenção é ofertar cursos adequados à realidade sociocultural local e à matriz econômica em potencial da região.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.