Governo do Estado recusa terreno para construção de IERN em São José de Mipibu alegando “falta de visibilidade política”, denuncia vereadora

Durante sessão ordinária realizada desta terça-feira(28), na Câmara Municipal de São José de Mipibu, a vereadora Verônica Senra(MDB) denunciou à população mipibuense a decisão adotada pela governadora Fátima Bezerra, do PT, de não aceitar um terreno doado pelo município, aprovado na Câmara Municipal, para construção de uma unidade do Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN) em São José de Mipibu.

O IERN faz parte do Programa Nova Escola Potiguar, anunciado em julho deste ano, pela governadora Fátima Bezerra e prevê a construção de 10 novas escolas, a reforma de pelo menos 60 e a recuperação de outras 100 em todo o estado até o final de 2022, contemplando principalmente os municípios de Natal, Touros, São José de Mipibu, Tangará, Santana do Matos, Jardim de Piranhas, Campo Grande, Umarizal, Alexandria, São Miguel, Mossoró e Areia Branca.

A negativa dada por parte do Governo do Estado, conforme denunciada na Câmara Municipal, pegou de surpresa a população de São José de Mipibu, que comemorou a possível chegada do IERN na sede do município, quando o benefício foi anunciado na imprensa estadual.

“Vocês sabem da alegria que tomou conta de todos nós quando recebemos o anúncio da governadora, que seríamos contemplados com um IERN”. Com essas palavras a representante do povo mipibuense iniciou pronunciamento criticando a conduta política adotada pela governadora Fátima Bezerra, que por meio de assessores técnicos recusou um terreno doado pelo município, localizado em área de expansão, próximo aos bairros de Pau Brasil, Rocinha, Bairro Novo, Tancredo Neves e o conjunto

Vereadora Verônica Senra (MDB) foto: Daltro Emerenciano

De acordo com a vereadora, a justificativa apresentada pela equipe do governo é que o terreno não possui visibilidade política, e que o ideal seria o município disponibilizar um terreno na margem da BR 101, mesmo constatando que o terreno cedido pelo ente municipal atende as exigências técnicas para execução do projeto.

A BR 101, no trecho que corta o município de São José de Mipibu é importante via de escoamento de produtos, como também principal via de acesso aos estados da Paraíba, Pernambuco e demais estados do Nordeste, possuindo intenso fluxo de veículos, fato que coloca em risco a vida dos educandos mipibuenses, principalmente aqueles que não possuem meios automotivos para ter acesso a unidade educacional, se essa chegar a ser construída nas imediações da BR 101.

“Ela solicitou ao prefeito José Figueiredo a doação de um terreno com área mínima de 8 mil metros quadrados. O gestor municipal imediatamente encaminhou à essa Casa Legislativa, um Projeto de Lei, com data de 3 de agosto de 2021, para aprovarmos a doação e, logo em seguida, após reunião das comissões, aprovamos o projeto, no dia 5 de agosto e, respeitando o caráter de urgência, o prefeito sancionou o projeto na mesma data, a doação do terreno com mais de 15 mil metros quadrados, quase o dobro da área solicitada”, discorreu Verônica Senra.

Terreno doado para o IERN, no bairro de Pau Brasil – área de expansão do município

Ela recusou o terreno. É estarrecedor saber da falta de compromisso que o Governo do Estado tem com o nosso município”, ressaltou a parlamentar.

Vocês sabem perfeitamente que na campanha para o Senado a atual governadora prometeu em palanque, se eleita senadora, São José de Mipibu seria contemplado com um IFRN. Ela disse que no mandato dela, de senadora, nós receberíamos um IFRN e ela não cumpriu a promessa. Até entendo os motivos pelos quais ela não cumpriu a promessa, mas a partir do momento em que está a frente do Governo do Estado e diz que São José de Mipibu vai ser contemplado com um IERN, o município faz a doação de um terreno em área de expansão e não aceita a doação, porque o terreno não tem visibilidade política por não estar a margem da BR 101, é de não acreditar”

E continua o desabafo: “Ela está preocupada com a educação ou com o palanque de 2022? Ela precisa saber que tem uma promessa e um compromisso com o nosso povo”, finalizou a vereadora.

Do Blog Daltro Emerenciano

Compartilhar em:

1 comentário

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.