Governadores de todo o país acatam proposta do Senador Jean que reduz preços dos combustíveis

Governadores de todo o país estiveram reunidos nesta quinta-feira (3), de forma remota, e aprovaram o Projeto de Lei relatado pelo Senador Jean (PT-RN), que cria o programa da estabilização do preço do petróleo e de derivados no Brasil.

O senador do RN explicou aos governadores que o Congresso está trabalhando em três dimensões: preço de referência, política de preço dos combustíveis e na questão tributária

“Há um consenso dos governadores em torno do projeto 1472/21, que ataca o principal problema – preço dos combustíveis no mercado interno”, disse o parlamentar, após a reunião.

O PL 1472/21 propõe um programa de amortecimento da alta dos combustíveis, indicando uma cesta de fontes de recursos para assegurar que as oscilações no preço internacional de óleo não produzam um efeito cascata no Brasil.

Segundo Jesn, que é líder da Minoria, a proposta dá ferramentas ao Poder Executivo para que recolha recursos em períodos de baixa internacional no preço para conter flutuações temporárias nos períodos de alta e se presta a permitir que o país aproveite sua posição de exportador.

De acordo com as estimativas divulgadas pelo senador potiguar, o conjunto de medidas a ser votado pelo plenário do Senado pode baixar em até R$ 20 os valores do gás de cozinha e em até R$ 2 a R$ 3 o preço da gasolina e do diesel, num prazo de 40 dias após sua aprovação.

“No preço de referência, estamos criando uma conta de compensação que garantirá ao produtor (refinaria ou importador) um preço de mercado e ao consumidor final um preço menor dos produtos. Já em relação à questão tributária, estamos trabalhando com os governadores a questão do ICMS, explicou.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Compartilhar em:

2 Comentários

  • Santiago Nunes disse:

    Um Senador legítimo na luta pelo preço justo e não punição aos consumidores finais. Parabéns pela iniciativa.

  • Aécio Medeiros da Silva disse:

    Se for aprovada será uma revolução na política de preços dos combustíveis brasileiros. Combustíveis atrelados às oscilações do dólar é um desastre para a economia brasileira.

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.