Fora do script: tapa de Will Smith em Chris Rock rouba cena do Oscar e divide opiniões nas redes

O momento, digno de filme na noite do Oscar 2022, aconteceu já na reta final.

Chris Rock fez uma piada com a alopécia de Jada Pinkett Smith. Seu marido, Will Smith, foi então ao palco e agrediu o humorista, num momento que não tinha ficado claro se foi ensaiado ou não.

De volta ao lugar, gritou para que Rock “tirasse o nome” de Jada Pinkett da boca.  O clima pesou e, poucos minutos depois, quando Smith confirmou seu favoritismo ao prêmio de melhor ator, se desculpou. Mas ressaltou que, em sua vida, sempre fez questão de proteger sua família e aqueles que ama.

“Eu quero pedir desculpas à Academia. Eu quero pedir desculpas aos outros indicados. Este é um momento lindo, e eu não estou chorando por ganhar um prêmio. Não é sobre ganhar um prêmio. É sobre poder destacar várias pessoas”, disse ele, antes de agradecer a alguns colegas de “King Richard: Criando Campeãs”.

“A arte imita a vida. Eu estou parecendo o pai doido, como descreveram Richard Williams.

Mas o amor leva você a fazer coisas loucas.”

Aos prantos, foi aplaudido de pé.

É digno de nota o fato de a piada acontecer justamente num ano em que “No Ritmo do Coração” tanto debateu capacitismo e condições de saúde.

DO TL

Nas redes sociais o assunto chegou ao topo dos mais comentados e dividiu opiniões.

Até que ponto defender quem ama pode justificar uma agressão ou violência física?

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.