Emparn renova e amplia área de matrizeiros de banana

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) realizou, neste mês de janeiro de 2022, a renovação da área de matrizeiros de banana Princesa e a implantação da variedade Prata Catarina. As áreas ficam localizadas na sede da empresa, na Estação Experimental do Jiqui (Parnamirim/RN).

“Essas áreas vão garantir o atendimento da demanda das mudas de banana que se apresentaram como uma boa oportunidade de investimento para o produtor potiguar nos últimos anos”, disse o diretor presidente da Emparn, Rodrigo Maranhão.

As mudas são produzidas no Laboratório de Bioctecnologia da Emparn, a partir de cultivares oriundos da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, e utilizam a técnica da micropropagação (cultura de tecidos). Entre as principais características obtidas pela técnica estão a produção de mudas com elevada fitossanidade, precocidade e produtividade. “A micropropagação garante que, uma vez adotados todos os cuidados adequados, sejam obtidos bananais mais sadios, produtivos e sustentáveis”, explicou a pesquisadora Fátima Dutra, que coordenou a atividade no campo e chefia o Laboratório de Biotecnologia.

As mudas de banana comercializadas pela Emparn e são livres das principais doenças que atingem a bananicultura do estado: o mal-do-panamá e o mal da sigatoka amarela.

Atualmente, a empresa comercializa mudas de banana, das variedades Princesa, Prata Catarina e Pacovan Ken. As encomendas podem ser feitas pelos seguintes contatos: 84. 9986-3688 (ligac¸o~es e zap) ou 84.3232-5864. 

Programas

O Governo do Rio Grande do Norte cria alternativas para que agricultores e produtores comercializem diversos produtos, entre eles a banana.

Em 2021, por meio do Programa de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes) executado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), o Governo do RN comprou, 316 toneladas da fruta de agricultores potiguares ou organizados em associações e cooperativas habilitados no programa.

Com relação a exportação, em 2021, mais de 5 mil toneladas de banana produzida no Rio Grande do Norte foram exportadas para diversos países da Europa, como Espanha, Polônia, Itália e Alemanha.

O RN possui, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 7.923 hectares de área plantada com a fruta

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.