Em derrota para Bolsonaro, Câmara rejeita e arquiva PEC do voto impresso

Proposta já havia sido rejeitada em comissão especial; texto precisava de 308 votos no plenário, mas só alcançou 229. Decisão encerra tramitação da PEC e mantém formato atual de apuração.

Derrota esperada do presidente Jair Bolsonaro no plenário da Câmara Federal. A PEC do voto impresso, sonho de um pensamento retrógrado, foi derrubado. Precisava de 308 votos, teve 229. Faltaram 79 votos. Levaram falta 64 deputados.

A PEC de Bolsonaro será enterrada. O presidente disse que respeitaria o resultado.

Maioria da bancada do RN vota contra PEC do voto impresso

Como se posicionaram os deputados federais do Rio Grande do Norte na votação da PEC do voto impresso?

Três parlamentares votaram sim, sonharam junto com Bolsonaro com o fim do respeitado sistema eleitoral brasileiro, pelo qual foram eleitos e não questionaram. Benes Leocádio, Carlas Dickson e General Girão.

A maioria da bancada do Rio Grande do Norte na Câmara, incluindo parlamentares da base bolsonarista, votou contra o voto impresso: João Maia, Rafael Motta, Beto Rosado, Natalália Bonavides e Walter Alves.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.