Educação: DNIT orienta sobre direitos e deveres dos ciclistas

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Coordenação de Multas e Educação para o Trânsito abordará, no mês de setembro, em suas redes sociais, os direitos e deveres de condutores e ciclistas.  

A bicicleta é um veículo de transporte, embora não possua motor.  O ciclista, ao ocupar parte da via, não está infringindo as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).   Segundo a legislação, caso não existam ciclovias, ciclofaixas, acostamento, ou ainda, quando não for possível utilizá-los, o ciclista deve ocupar os bordos da pista, obedecendo o sentido da via, com preferência sobre os veículos automotores.

Portanto, os condutores de carros, motos, caminhões, ônibus e demais veículos devem zelar pela segurança de todos, incluindo a dos ciclistas e a dos pedestres. O ciclista, por sua vez, também deve obedecer às leis de trânsito como, por exemplo, parar no sinal vermelho e respeitar os pedestres.  

Além disso, o ciclista, para ter segurança no trânsito, deve ver e ser visto (estar sempre atento ao que acontece ao seu redor). E para chamar a atenção é necessário que ele sinalize com os braços ao realizar manobras ou mudar de faixa; que trafegue pela mão correta da via e não na contramão; que desça e empurre a bicicleta para atravessar a pista. Caso pedale à noite deve utilizar luzes refletivas no capacete e pisca-piscas na frente e atrás da bicicleta.

Já o motorista, além de respeitar o limite de velocidade da via, deve reduzi-la de forma compatível com a segurança do ciclista, bem como manter o distanciamento lateral de pelo menos um metro e meio. Sempre que for manobrar, retornar ou realizar conversão à direita ou esquerda, o condutor deve indicar de forma clara e com a devida antecedência, por meio de luz de direção ou fazendo gesto convencional com o braço.

Dicas do DNIT para pedalar com segurança:

Mesmo não sendo obrigatório, é recomendado o uso de equipamentos de proteção como luvas e capacete. Principalmente o uso de luvas, que melhoram a aderência durante o uso da bicicleta e aquecem as mãos em dias mais frios;

Atenção às grades de respiro e bueiros. Muitas vezes o espaçamento entre as barras é grande o suficiente para causar acidentes;

Evite utilizar fones de ouvido. Usar a audição melhora a atenção em relação ao que acontece a sua volta.

Faça revisões periódicas, manutenção das correntes e de freios e a calibragem dos pneus. Acidentes podem acontecer devido às más condições da bicicleta.

Bicicleta tem lugar certo. Use as ciclovias ou as vias, nunca a calçada – que é local de movimentação exclusiva de pedestres.

No trânsito, sua responsabilidade salva vidas!

4 Pessoas comentaram
Débora Araújo

show….. é isso mesmo! Nós ciclistas temos que ser respeitado e respeitar também nosso limite, assim como andar de forma segura usando sempre equipamentos de segurança como capacetes e sinalizadores. Excelente matéria Dedé, parabéns!

José Atenilson da Rocha

Olá pessoal!
Lembrando que sempre que comprarem luvas é bom que seja com bordas refletivas para o uso da noite, fazendo com que as outras pessoas atrás percebam a sinalização, assim também os outros equipamentos como lanternas, capacete, camisas, calças, cortes, e a própria bike que deve estar bem sinalizada.

RafaelPrend

Willingly I accept. The question is interesting, I too will take part in discussion. Together we can come to a right answer.
thetranny

ElvinAdove

Bravo, you were visited with simply excellent idea

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.