Jornalismo com ética e coragem para mostrar a verdade.

Contando nossa História (7) – Reinauguração da Praça Desembargado Celso Sales

Na edição nº 36 (23/08 a 05/09/1981), O Alerta publicou o acontecimento, sob o título: “Cardeal inaugura praça”.

Na edição nº 36 (23/08 a 05/09/1981), O Alerta publicou o acontecimento, sob o título: “Cardeal inaugura praça”.

Eis o texto da matéria:

“O cardeal do Rio de Janeiro, dom Eugênio Araújo Sales, inaugurou, dia 19 de agosto, às 15h, a nova Praça Desembargador Celso Sales.

No ato da inauguração, várias autoridades se fizeram presentes, entre elas: o secretário de Educação do Estado, professor Luiz Eduardo (representando o governador Lavoisier Maia), secretário da Justiça, Manoel de Brito, secretário de Segurança, Cel. Veiga, arcebispo Metropolitano, Dom Nivaldo Monte, bispo de Caícó, Dom Heitor de Araújo Sales, vigário da paróquia, monsenhor Antonio Barros, padre Canindé Palhano, prefeitos e lideranças municipais, chefes de repartições públicas, representações de estabelecimentos escolares e o povo em geral.

De início, o prefeito municipal Janilson Ferreira abriu a solenidade, passando a palavra ao presidente da Câmara Municipal. Em seguida, foi lida a biografia do homenageado, tendo agradecido, em nome da família, o Cardeal do Rio de Janeiro, Dom Eugênio Sales. Por último, o prefeito Janilson Ferreira fez um discurso onde enalteceu a figura do desembargador Celso Sales, “exemplo de honradez e justiça para os mipibuenses”. Encerrando a solenidade, houve o descerramento do símbolo da Justiça (uma balança) e a bênção da praça, por Dom Eugênio Sales.

A seguir, os convidados dirigiram-se ao Centro Social São José, onde foram recepcionado pelo prefeito municipal”.

FOTOS DA INAUGURAÇÃO

Essas fotos foram colorizadas por computador. O trabalho é de autoria do estudante do curso de História, da UnP, Vitor Maciel, residente em Nísia Floresta. Elas retratam a solenidade da inauguração da Praça Desembargador Celso Sales, no centro de São José de Mipibu.

A PRAÇA

A antiga praça, conhecida por Aurélio Pinheiro (Aurélio Waldemiro Pinheiro, natural de São José de Mipibu, nascido a 28 de janeiro de 1882. Médico, escritor, jornalista. Faleceu em Niterói-RJ, em 19 de novembro de 1938).

Até 1947 não existia nenhuma praça - como conhecemos hoje - no espaço que hoje é a praça Desembargador Celso Sales. Somente na administração do prefeito José Franco Ribeiro foi construída uma pracinha, como era conhecida popularmente, que recebeu o nome do grande educador Aurélio Pinheiro.

São José de Mipibu, centro da cidade, vendo-se a pequena feira livre (onde atualmente é a Praça Desembargador Celso Sales), diante do Mercado Público e um único automóvel. Ao fundo, alguns do casarões centenários que ainda hoje permanecem. A maioria, no entanto, foi reformado em nome do "desenvolvimento" .A foto é do ano de 1930 (autor não identificado).

Do blog "Pelas Trilhas da História", da professora e pesquisadora Lúcia Amaral, extraímos, esse texto sobre a Praça Desembargador Celso Sales:

"Antiga praça do coreto, como era conhecida a Praça Aurélio Pinheiro, atual Praça Desembargador Celso Sales, nessa foto batida no ano de 1969. Ainda se vê o famoso coreto, que segundo relato de  Maria Salete Gurgel,  “havia uma ‘amplificadora’ que brindava os casais enamorados com belas músicas do cancioneiro popular (Quem não recebeu pelo serviço de som, “uma linda página musical?”), enquanto passeavam de mãos dadas pela praça. Crianças e adolescentes corriam alegres, em suas brincadeiras festivas e os jovens rapazes - em grupos - se colocavam em lugares estratégicos aguardando a passagem das moças que passeavam pelos locais em que se encontravam os rapazes, para ouvirem os seus galanteios e juras de amor. Tudo isso acontecia em um tempo obedecido rigorosamente, aos sábados e domingos, das 19 às 21h30, quando soava o primeiro apito (de três) da sirene da Usina de ‘seu’ Júlio Ramalho, avisando que a luz ia ser desligada.Posteriormente, em 17 de agosto de 1965, essa energia foi substituída pela energia da hidrelétrica de São Francisco”.

 Na foto, vemos, ainda, animais deixados tranquilamente abrigados sob as árvores, pelos seus “donos”, eles iam resolver suas questões. Ao fundo, à esquerda, a residência do ex-vereador Antonio Honório e a direita, a casa onde morou Dr. Félix.  Quantas coisas mudaram no centro de São José de Mipibu. (Arquivo Lúcia Amaral)

Em memória do Desembargador Celso Dantas Sales e aos serviços prestado a São José de Mipibu, em 19 de Agosto de 1981(47 anos após seu falecimento), o ex-prefeito Janilson Ferreira (in memória)  juntamente com autoridades civis, militares  e religiosas  com a bênção de Dom Eugenio de Araújo Sales  filho do homenageado, foi reinaugurada após ser reformada, a praça que leva o nome Desembargador Celso Sales.

PRAÇA É NOVAMENTE REFORMADA

Em 2017, na gestão do ex-prefeito Arlindo Dantas, a prefeitura municipal iniciou a construção da nova praça Desembargador Celso Sales. Na época o blog "De Olho em Mipibu", do professor Alexandre Dantas, publicou:

"Essa obra que custará aos cofres públicos R$ 1.215.719,06 (Um milhão, duzentos e quinze mil, setecentos e dezenove reais e seis centavos) com prazo para entrega entre 7 a 10 meses.

A nova praça devolverá aos mipibuenses o direito de passear, dignamente, com as famílias e desfrutar bem os espaços (cigarreiras, lanchonetes, restaurantes, pizzarias, entre tantas outras atrações).

A praça contemplará um piso subterrâneo e uma estrutura diferenciada, a qual está sendo chamada pelos mipibuenses de "Praça do Futuro".

Neste projeto, ao prefeito de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, acrescenta-se o apoio do governo do estado, através do governador Robinson Faria; do vice-governador da terra, Fábio Dantas e da deputada estadual mipibuense, Cristiane Dantas".

A inauguração se deu, dois anos depois, no dia 16 de outubro de 2019, quando o município comemorava 174 anos de emancipação política.

Os comentários estão desativados.