Consórcio Nordeste: Dono de empresa que iria fabricar respiradores relata pagamento de propinas, diz site

Nesta tarde de quarta-feira (10), aconteceu a sessão secreta da CPI da Covid no RN com Paulo de Tarso, dono da Biogeoenergy. A solicitação foi feita pelo próprio, fornecendo informações sigilosas e, segundo informações do Blog do BG apurou, o que foi antecipado até aqui é gravíssimo e envolve propina pesada para agentes públicos relacionados a compra dos respiradores.

Ainda será marcado uma audiência com o procurador-geral da República, onde Paulo de Tarso se comprometeu a dar novos dados. As informações foram dadas no vídeo pelo deputado estadual Kelps Lima.

A Biogeoenergy, de Araraquara/SP, seria a empresa responsável pela fabricação dos respiradores pulmonares que seriam adquiridos pelo Consórcio Nordeste por uma custo de R$ 48 milhões, sendo cerca de R$ 5 milhões apenas do Rio Grande do Norte. Entretanto, os equipamentos nunca foram entregues e nem o dinheiro devolvido.

Fonte: Portal Grande Ponto

Compartilhar em:

2 Comentários

  • Karlim d'Bee disse:

    Claro que tem propina envolvida. Seria anormal dizer que não teve. Tem que falar quem pediu e quanto pagou. Vc acha que esses pangarés da CPI nunca viram $$$ de propina? Duvido que haja exceção. 🤭

  • Carlos Eduardo de Oliveira Menezes disse:

    Nenhuma novidade sobre esse roubo milionário de dinheiro público, praticado por essa organização criminosa político partidária do PT. Os integrantes dessa quadrilha de governadores petistas, criaram essa empresa do crime, chamada de consórcio, para facilitar o desvio desses 49 milhões de reais. Onde tem corrupção, tem o DNA PT. Tudo bandidos. Cadê o MPF?!

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.