Começa o período decisivo para as eleições no RN

 

 

A semana que começa hoje abre a temporada das convenções que homologarão as candidaturas às eleições de outubro. De acordo com o calendário eleitoral, os partidos e federações devem oficializar os seus candidatos e candidatas e coligações majoritárias entre os dias 20 de julho a 5 de agosto.

No Rio Grande do Norte (RN), o cenário ainda é de incertezas no campo majoritário, com as atenções voltadas – principalmente – para duas dúvidas:

1 – O Senador Styenson Valentim (Podemos) será candidato a governador?

2 – O PSB homologará a candidatura do Deputado Federal Rafael Motta ao Senado Federal?

No primeiro caso, a definição de Styvenson é muito importante. Se decidir ser candidato, provavelmente levará as eleições para o segundo turno. Do contrário, a Governadora Fátima Bezerra (PT) aumentará as chances de ser reeleita já no primeiro turno.

Levando em conta os números das pesquisas divulgadas até aqui, a intenção de votos de Styvenson coloca a disputa no segundo turno. Sem ele, os outros candidatos da oposição, com destaque para o ex-Vice-Governador Fábio Dantas (Solidariedade), não são capazes de superar a intenção de votos da Governadora.

Intenção de votos não é matemática exata e a campanha eleitoral ainda não começou, no entanto, não há elementos que possam sustentar a possibilidade de segundo turno sem um terceiro candidato com densidade eleitoral capaz de ser o fiel da balança.

Jornal de Fato

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.