Caern continua instalação e troca de hidrômetro em São José de Mipibu e outras cidades do Estado

Em 2021, a Caern substituiu e instalou mais de 20 mil hidrômetros nas cidades de São José de Mipibu, Assú, Baraúna, Cruzeta, Currais Novos, João Câmara, Macaíba, Macau, Mossoró, Nova Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros e Tenente Ananias. Essas cidades terão continuidade do trabalho ao longo de 2022. Em São José de Mipibu já foram substituídos novos 380 hidrômetros.

Agora em fevereiro a Caern inicia a instalação de novos hidrômetros e faz troca dos antigos nas cidades de Natal, Parnamirim, Mossoró, Macau e Areia Branca. Ainda esse ano, as cidades de Goianinha, São Paulo do Potengi, Poço Branco, Guamaré, Alto do Rodrigues, Jardim de Piranhas, Parelhas e Jucurutu também vão receber o serviço.

O serviço não tem custo para o cliente. O funcionamento de hidrômetros é importante para garantir a cobrança justa de água, combater o desperdício e melhorar distribuição. 

Conforme a Lei 11.445, previsto também em resolução da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep/RN) e Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban), o corte ocorrerá para os que se negarem a receber o hidrômetro. No caso de negativa em aceitar o equipamento, será entregue o comunicado dando um prazo de cinco dias, após esse prazo a equipe da Caern retorna ao imóvel, caso haja negativa novamente, a água será cortada. 

GEORADAR
Os georadares, equipamentos adquiridos pela Caern, no ano passado vem auxiliando no trabalho de instalação de novos hidrômetros nas cidades. Conhecido como radar de superfície, o equipamento detecta vários tipos de tubulação, cabos ou estruturas enterradas até oito metros de profundidade, sem a necessidade de escavação. Em locais como o centro das cidades,  o uso do georadar é fundamental para evitar interdição de vias e transtornos ao trânsito.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.