Bolsonaro virá nesta quarta-feira (9) para inaugurar transposição do São Francisco no RN

O presidente Jair Bolsonaro (PL) virá ao Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (9), para a cerimônia que marcará a entrada das águas da transposição do Rio São Francisco no Estado.

O presidente da República participará de uma cavalgada entre o centro da cidade de Jardim de Piranhas e a margem do Rio Piranhas, onde acontecerá a cerimônia que vai abrir passagem para a chegada das águas.

De acordo com o prefeito da cidade, Ronaldo Soares (MDB), cerca de 170 prefeitos devem participar da cerimônia. Virão prefeitos do Rio Grande do Norte e de outros estados.

O presidente Jair Bolsonaro chegará ao Rio Grande do Norte nesta terça-feira (8) para uma agenda de menos de 24 horas.

Inicialmente, ele vai se dirigir a Caicó, onde vai dormir. Na manhã do dia seguinte, ele visitará as obras de construção da barragem de Oiticica, em Jucurutu. Na cidade, ele também vai anunciar investimentos para a região.

De helicóptero, o presidente seguirá para Jardim de Piranhas, onde participará de uma cavalgada até o rio Piranhas, onde vai acionar os botões para a chegada das águas do rio São Francisco.

Máscaras
O prefeito de Jardim de Piranhas (RN) afirmou também que, como medida de proteção contra a Covid-19, “ninguém vai entrar sem máscara” no evento que marcará a chegada das águas da transposição.

Em entrevista ao “Jornal do Dia”, da TV Ponta Negra, o prefeito disse que a vigilância sanitária de Jardim de Piranhas será “muito rigorosa” com a utilização da máscara. Por toda a cidade, segundo ele, serão montadas barreiras para fiscalizar o uso do acessório.

“A gente está com as barreiras sanitárias, com álcool em gel, orientando as pessoas. Ninguém vai entrar no evento se não estiver com máscara. Vai ter álcool em gel, não vai ter bebida alcoólica, vai ser servida água em copo para ser descartada no momento… É muito rigoroso. Estamos preocupados porque vem gente de vários estados. A prefeitura está preparada com uma equipe muito grande de agentes de saúde. A gente sabe que essa doença é muito contagiosa, e a gente não quer trazer a doença para a nossa população de Jardim e outras cidades circunvizinhas”, afirmou o prefeito.

Perguntado se a exigência valerá também para a comitiva presidencial, Rogério Soares respondeu: “Sim. A vigilância sanitária vai ser muito rigorosa. Para quem vier e não trouxer a máscara, a prefeitura estará disponibilizando as máscaras. Não entra ninguém no evento se não entrar pela barreira sanitária”, destacou o prefeito.

Fonte: 98 FM

Fonte: Portal Grande Ponto

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.