Bolsonaro veta regra aprovada no Congresso e passageiros vão continuar pagando para despachar malas em viagens de avião

Bolsonaro disse que quem quiser levar mais de 10 quilos no voo, que “pague” pelo serviço

O Congresso até tentou, mas o presidente Jair Bolsonaro vetou e passageiros que viajam de avião vão continuar pagando pelo despacho das malas.

E no Brasil da inflação em alta, os preços das passagens aéreas continuam subindo mais do que os aviões.

Bolsonaro vetou nesta terça-feira (14) a regra que restabelecia o despacho gratuito de bagagens em voos comerciais. E o veto já foi publicado na edição desta quarta (15) do Diário Oficial da União.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.