Jornalismo com ética e coragem para mostrar a verdade.

julho 3, 2024

Ato Público em Defesa da Praia de Areia Preta Reúne Moradores e ONGs Indignados com Poluição

No próximo domingo, dia 07 de julho, moradores, ONGs, vereadores e membros da sociedade natalense se reunirão para um ato público em defesa da Praia de Areia Preta.

No próximo domingo, dia 07 de julho, moradores, ONGs, vereadores e membros da sociedade natalense se reunirão para um ato público em defesa da Praia de Areia Preta. Convocado pela diretoria do conselho comunitário de Mãe Luiza, o protesto acontecerá às 10h em frente ao condomínio Infinity, e visa chamar atenção para a grave crise ambiental que afeta a praia.

A Crise Ambiental: A "Língua Negra" e o Condomínio de Luxo

A Praia de Areia Preta, conhecida por suas águas cristalinas e sua localização privilegiada, está enfrentando uma grave crise ambiental devido à presença da "Língua Negra", uma corrente escura de poluição. Vídeos recentes mostraram níveis alarmantes de contaminação, com a água contendo 90 vezes mais coliformes fecais do que o permitido, tornando-a imprópria para banho.

Por muito tempo, a culpa pela poluição foi atribuída aos moradores de Mãe Luiza. No entanto, uma investigação recente revelou que o verdadeiro responsável é o condomínio de luxo Infinity Areia Preta. Fiscais da Prefeitura de Natal e da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern) confirmaram que o condomínio estava despejando esgoto in natura diretamente na praia, após realizar uma vistoria com corante especial.

Impacto Ambiental e Social

A situação é crítica. Com coliformes fecais 92 vezes acima do limite permitido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), a praia está imprópria para banho há mais de um ano. Essa contaminação não só ameaça a saúde pública, mas também prejudica o ecossistema marinho local.

Ações e Consequências

O condomínio Infinity Areia Preta foi autuado com uma multa gravíssima e enfrenta processos criminais. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) afirmou que será formalizada uma denúncia criminal ao Ministério Público devido à gravidade da situação.

Mobilização da Comunidade

O ato público em 07 de julho é uma resposta direta à crise, unindo a comunidade em defesa da preservação ambiental. Os organizadores esperam que o protesto traga mais visibilidade ao problema e pressione as autoridades a tomarem medidas efetivas para resolver a contaminação.

Conclusão

A poluição da Praia de Areia Preta destaca a importância da responsabilidade ambiental por parte dos empreendimentos de luxo e da necessidade de uma ação conjunta entre autoridades, moradores e empresários. O protesto em 07 de julho será um passo importante na luta pela preservação dessa área tão querida por todos.

FONTE: Blog do Dina

Uma resposta para “Ato Público em Defesa da Praia de Areia Preta Reúne Moradores e ONGs Indignados com Poluição”

  1. orlando soares disse:

    E sabido que essa situação ocorre em todas prais da ZS, haja vista os decliveis acidentaroos.