Agricultores desenvolvem biodigestores e não compram mais gás de cozinha

Foto – Emater Currais Novos

A Emater-RN realizou nesta terça feira (23), um intercâmbio com os extensionistas da região de Currais Novos, com o objetivo de conhecer a experiência dos agricultores familiares João Batista Dantas Neto (João de Ladislau) e Erinalva com o uso do biodigestor artesanal, desenvolvido pelo próprio casal, no sítio Pedra Branca, em Carnaúba dos Dantas.

A visita contou com a participação de extensionistas da Emater da região e um agricultor do município de Currais Novos, que está se organizando para construir o seu próprio biodigestor.

De forma particular e com adaptações próprias, de acordo com os poucos materiais que tinha disponível, o casal de agricultores teve um custo de aproximadamente R$ 2.600,00 para desenvolver o equipamento, que já trouxe retorno positivo para a família. “Já são dois anos e seis meses que o biodigestor abastece minha residência e de minha mãe. Desde então, não compramos mais botijão de gás” disse seu João.

A atividade principal da família é a produção de queijo de manteiga artesanal. Inclusive, trata-se de uma tradição do grupo há mais de 100 anos na propriedade .

A iniciativa de seu João ocorreu a partir de um intercâmbio sobre biodigestores realizado em 2019, em Parelhas, através do Projeto de Combate à Desertificação, uma iniciativa do Projeto Governo Cidadão e Emater-RN.  A partir de manuais e vídeos sobre o assunto, a família de seu João deu início à montagem do biodigestor.

Com o biodigestor de Seu João e família dando resultados positivos, outros agricultores da região estão procurando a Emater para que outras unidades possam ser implantadas. Segundo a gestora regional da Emater de Currais Novos, Ana Maria Cordeiro, “o objetivo do intercâmbio é apresentar a experiência para que alguns técnicos a divulguem em seus municípios”.

Compartilhar em:

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.