A FILOSOFIA E EU

Nadja Lira – Jornalista – Pedagoga – Filósofa

O meu interesse pela Filosofia surgiu quando eu ainda era criança e ouvia o meu pai falar acerca do assunto. Apesar de não ter um conhecimento profundo sobre a disciplina, meu pai costumava dizer que “a Filosofia explica a origem das coisas”. Aliada a esta definição que me deixava muito curiosa, meu pai costumava ler muitas histórias para mim. Dentre todas, as que mais me impressionavam eram justamente aquelas que envolviam as personagens da Mitologia Grega.

Pai da cronista Nadja Lira, o saudoso Agostinho

Assim, foi através das histórias que meu pai lia, que eu conheci Medusa, Perseu, Zeus, Cupido, Vênus, Narciso e tantos outros mitos. Essas e outras histórias povoaram a minha imaginação de criança, contribuindo para me tornar uma pessoa adulta criativa, curiosa e que aprecia a leitura.

Os anos passaram, eu cresci e passei a ler e a escrever minhas próprias histórias. Estudei Filosofia da Comunicação e da Educação, disciplinas que nada tinham a ver com as lembranças que eu guardava, relacionadas às conversas com o meu pai e, em especial, com os mitos gregos.

Ao concluir minha graduação em Comunicação Social tentei ingressar no curso de Filosofia da UFRN. Essa tentativa foi repetida duas ou três vezes sem sucesso, e por fim, eu acabei por descartar a ideia. Voltei à escola para fazer o curso de Magistério e em seguida fiz Pedagogia. Fiz ainda outros cursos, até que no ano de 2004, o meu pai foi chamado para fazer parte da Orquestra do Céu, onde iria desempenhar uma das atividades que ele mais apreciava: tocar trombone.

Depois que ele partiu, a Filosofia voltou a tomar conta dos meus pensamentos, e foi justamente neste momento que eu descobri a existência da Faculdade Dom Heitor Sales (Fahs) – especializada nos cursos de Filosofia e Teologia, e da qual eu tenho orgulho de participar como aluna do curso de Filosofia.

A lembrança do meu pai sempre toma conta de mim, a cada vez que aprendo uma nova concepção dentro da Filosofia; a cada vez que aprendo o pensamento de um filósofo; a cada vez que consigo aprofundar o meu conhecimento acerca do tema.

Estudar Filosofia tem uma grande importância na minha vida, e espero poder aprender muito sobre esse assunto, porque tenho certeza de que ela, além de ajudar-me a melhorar como pessoa, também fará de mim uma profissional melhor e mais crítica.



Hoje, tenho certeza de a Filosofia não se estuda com frases e respostas prontas. A Filosofia exige uma reflexão e um olhar mais aprofundado para o nosso interior. Acredito que a Filosofia vai me levar a trilhar um caminho rumo ao infinito, abrindo horizontes e me guiando para a descoberta de uma grande verdade. A minha verdade.

Meu encontro com a Filosofia, tenho certeza, será algo extraordinariamente maravilhoso e do qual meu pai vai se orgulhar profundamente.

4 Pessoas comentaram
Crisolita THE Bonifacio

Parabéns pela persistência em alcançar seu objetivo, aprofundar-se no conhecimento da Filosofia.

Chico Lira

Bela recordação da infância. Firmeza, Fé e Coragem, Sempre,em suas novas e futuras conquista, Nadja Lira. Muita Paz 🙏.

Terezinha Tomaz

É importante persistir em nossos sonhos.

Johny Ted

Fantástica é essa sua ligação permanente com seu pai, Nadja, e essa sua persistência em continuar os estudos através da Filosofia. Grande exemplo, abençoada. Obrigado por compartilhar esse pedacinho de sua vida conosco 🙂

Entre na discussão!

Fique tranquilo, seu email está seguro.